Publicado em 21/07/2010 as 12:00am

Brasileiro é preso com armas e drogas em Everett/MA

Em ação policial conjunta, após meses de investigações, foram encontradas 12 armas, com 700 cartuchos de munição, além de cocaína e maconha no apartamento do brasileiro Rildo Peria Andrade

 

Por Marcelo Zicker


A unidade de investigações criminais do Departamento de Polícia de Everett – MA,  juntamente com o Departamento de Polícia estadual, e da polícia de Somerville – MA executou um mandado de busca e apreensão, no número 32 Parker St em Everett, na manhã do dia 19 de julho. Após meses de investigações sobre um possível esquema de venda de drogas no local, a polícia finalmente invadiu o local, aprendendo drogas e armas, além da detenção de um dos cabeças do esquema, o brasileiro Rildo Peria Andrade, de 35 anos.

 

A permissão para entrada no local foi concedida com a ajuda das polícias  de Everett e Revere, com a atuação do Departamento de Operações Especiais. Durante a operação, Rildo, que foi colocado como um dos principais suspeitos, tentou fugir pelos fundos de seu apartamento, mas foi detido. Um cachorro farejador da polícia estadual foi convocado para ajudar nas buscas, onde se encontrou quantidades de cocaína, maconha , $1.800 em dinheiro, 12 armas , 700 cartuchos de munição e vários documentos falsos, com nomes de pessoas diferentes.

 

Segundo o capitão Richard Basteri, o brasileiro se tornou alvo de investigações após algumas denúncias anônimas, que se vinculavam a roubos de armas. “ Temos a suspeita de que as armas adquiridas por Rildo foram roubadas, e isso nos ajudou a chegar ao seu paradeiro” disse o capitão, que está trabalhando no caso. Encontrado sozinho em seu apartamento, o brasileiro tentou resistir à prisão, numa tentativa de fuga, mas rapidamente foi pego. “ Ele não possui status legal no país, e além de tudo foi encontrado com grande quantidade de armas sem licença e drogas. Antes de ser deportado, provavelmente passará um tempo preso, para cumprir pena de tais penalidades” completa Richard.  

 

Rildo, que teve prisão decretada no momento da ação policial, sendo transportado até a delegacia de Everett, aguarda julgamento sob acusação de portar ilegalmente armas de fogo e também por portar documentação falsa.

 


Fonte: (Da redação)