Publicado em 15/09/2010 as 12:00am

Napolitano vai a evento que naturaliza imigrantes

Na segunda (13),ela afirmou que a fronteira já está suficientemente segura e que já é hora de agir para aprovar a reforma de imigração

 

A secretária do Homeland Security, Janet Napolitano, visitou Boston nessa terça – feira(14),em uma cerimônia para oficializar a cidadania de aproximadamente 5.000 imigrantes no Fenway Park. A solenidade faz parte da celebração anual do Dia da Constituição e do Dia da Cidadania.

A semana da constituição faz honras à promulgação da U.S Constitution, realizada no dia 17 de Setembro de 1787. O evento que comemora a cidadania dos milhares de imigrantes de mais de 147 países, reuniu autoridades e personagens da luta pró-imigrante. Entre os participantes, estiveram o diretor da U.S. Citizenship and Immigration Services (USCIS), Alejandro Mayorkas, U.S District Court Judge, Nancy Gertner, o prefeito de Boston – MA, Thomas Menino e o presidente do Red Sox, Larry Luccino. Do dia 13 ao dia 24, aproximadamente 9.000 imigrantes irão se tornar cidadãos americanos, em mais de 63 cerimônias realizadas ao longo do país.

Na segunda – feira (13), Janet Napolitano disse em um evento em Washington – MA, que a fronteira do país já está segura o suficiente para autorizar o congresso a iniciar uma ampla reforma no setor de imigração.

‘A fronteira já está segura, chegou a hora da reforma’ afirmou Napolitano em evento no dia anterior

Ela afirmou que ouve encontros com alguns congressistas pedindo para que eles parem de utilizar o argumento da ‘fragilidade da fronteira’ como desculpa pra atrasar uma discussão mais real do assunto. “ Nós precisamos consertar esse sistema vigente, que não funciona mais” disse Napolitano no Congressional Hispanic Caucus Institute's public policy conference.

Maior autoridade do setor de Imigração do país, Napolitano, foi uma das 6 secretárias de cabinete que realizaram o evento em Washington, onde estava sendo realizado também uma solenidade de homenagem aos hispânicos do país. Ela afirmou que é preciso que seja realizado um projeto que leve em consideração a economia,  educação, serviços financeiros e as relações internacionais.

Napolitano disse que o governo reduziu o atraso para que os imigrantes legais que solicitam vistos e cidadania tenham a resposta do departamento em menos tempo e que intensificou a aplicação de leis contra os empregadores que contratam e exploram os indocumentados. Ela também citou que o governo tem feito a sua parte, enviando 1.200 membros da Guarda Nacional para as fronteiras, até que sejam contratados mais oficiais do ICE. 

A secretária fez questão de ressaltar que não se deve somente realizar uma série de leis, mas fornecer um caminho real para que 11 milhões de imigrantes indocumentados se regulamentem no país. Apesar de enxergar a questão como prioritária, o presidente Barack Obama já disse que  falta apoio no congresso para que se aprove uma reforma imigratória a um curto prazo.

Fonte: (Da redação)