Publicado em 27/10/2010 as 12:00am

MIRA inicia maior campanha cívica de sua história

Faltando menos de uma semana para o dia das eleições que definirão o novo governador do estado, a MIRA inicia uma campanha para conscientizar imigrantes que são cidadãos americanos, sobre a importância de irem às urnas no dia 2 de Novembro

 

Por Marcelo Zicker



Faltando menos de uma semana para o dia da eleição que definirá o novo governador do estado, a Massachusetts Immigrant and Refugee Advocacy Coalition (MIRA) iniciou uma campanha para sensibilizar e conscientizar imigrantes sobre a importância de irem às urnas na próxima terça-feira, 2 de Novembro.

 

Para isso, a MIRA está realizando aquela que é considerada a maior campanha cívica em seus 24 anos de história, a ‘Vá e Vote’.  Junto com organizações aliadas e ativistas, a  MIRA registrou e identificou 8.000 novos americanos, e agora os encoraja a ir votar em favor da dos direitos dos milhares de  imigrantes ao redor do estado. "Estamos em um momento em que constantemente os imigrantes estão sendo atacados por políticos, e usados como cano de escape para os problemas econômicos dos Estados Unidos.  Temos visto aqueles que até querem tirar o direito à cidadania para os filhos de imigrantes indocumentados nascidos em território americano. E não é somente com o imigrante indocumentado, é o imigrante em geral, é importante que mesmo aqueles que já são cidadãos, não se esqueçam que um dia estiveram na situação de seus compatriotas, e que devem usar a sua força política pra escolher um candidato que tenha propostas mais humanitárias, de inclusão social. Por isso esperamos que, no dia 2 de Novembro,  a voz imigrante faça valer nas urnas americanas” afirma o diretor de comunicações da entidade, Marconi Almeida.

 

Ele acrescenta que a MIRA esteve presente em diversas cerimônias de naturalização, ajudando os beneficiários a se registrar para o voto. “ Pegamos contatos, endereços, telefones, e estamos ligando, mandando carta, visitando-os em casa, para conscientizá-los acerca de irem às urnas e fazerem a diferença. Essa é uma eleição crucial para os imigrantes e seus direitos“ completa. Para Marconi, é importante também que as pessoas não se esqueçam de votar ‘não’ para todas as 3 perguntas atrás das cédulas. Elas propõe cortes de impostos que podem influir de forma negativa na arrecadação do estado, e consequentemente , no custeamento de programas sociais, que deverão sofrer cortes , caso essas medidas sejam aprovadas. “ Nos próximos oito dias, estaremos trabalhando intensamente para informar a todos as posições de todos os candidatos em relação aos interesses de nossas comunidades, e estaremos informando sobre a necessidade de votarmos Não, Não e Não nas três perguntas do referendo que se encontrarão na parte de trás da cédula” informa Marconi, acrescentando que boa parte dos brasileiros naturalizados norte-americanos identificados residem nas cidades de Everett, Framingham, Worcester e Roslindale.

Fonte: (Da redação)

Top News