Publicado em 3/11/2010 as 12:00am

Ativistas e empresários dão dicas e orientam candidatos

Por Claudia Carmo Na semana de eleições para a escolha dos quatro Representantes da Comunidade Brasileira nos EUA, os candidatos de todos os estados estão na corrida com suas campanhas

 

Por Claudia Carmo

Na semana de eleições para a escolha dos quatro Representantes da Comunidade Brasileira nos EUA, os candidatos de todos os estados estão na corrida com suas campanhas. Alguns usam a mídia, outros saem às ruas batendo de porta em porta, distribuem panfletos, colocam cartazes pela cidade, enviam e-mails e assim divulgam seus nomes para que as pessoas votem neles.

O mais importante será a decisão na hora de votar e saber o que o seu candidato já fez e o que ele fará em benefício da nossa comunidade junto ao Governo Brasileiro.

O Brazilian Times entrevistou alguns ativistas e empresários da comunidade para saber o que eles esperam dos representantes que serão eleitos.

 

Ilton Lisboa – Radialista e terapeuta Holístico

Espero que o vencedor seja uma pessoa capaz de representar a comunidade como ela merece. Que seja capaz de excelência em negociar com o as autoridades do Governo os nossos diretos. Que esse representante saiba respeitar e que tenha responsabilidade. Porque se não for capaz de negociar, não conseguirá nada. Espero que esses representantes não venham causar motivos para que possamos nos envergonhar deles.

 

Carlos A. F. da Silva – Ativista comunitário e político

Espero que ele ou ela venham realmente pensar em todos e não somente na parte individual e que possa acima de tudo, buscar o que a comunidade realmente precisa e que ele possa buscar uma forma de lutar para que todos os brasileiros que tenha perdido o passaporte ou não tenha,  por qualquer razão,  que esse possa ter o passaporte brasileiro valido sem burocracia independente se tem ou não documentos brasileiros, que lute para que essa pessoa tenha estes documentos em mão.

 

José Ronaldo - empresário

Eu espero que ele possa criar uma ligação entre o Governo brasileiro e este fique sabendo dos problemas das nossas comunidades e também que possa resolver a questão dos presídios que hoje sofrem muito porque  não conseguem se comunicar com o consulado para ajudá-los.

 

Claudia Tamski – Presidente do Núcleo do PT em Boston

Esperamos que essa pessoa  possa dialogar com o Governo brasileiro e realmente levar os anseios da nossa comunidade as autoridades do Itamaraty e que esse representante trabalhe com as reivindicações do coletivo e não somente no individual dele  fazendo o que ele acha que deve ser feito. Nós precisamos de um representante que esteja disposto a agir com diplomacia nas suas negociações e decisões e não com brigas e intrigas. Se esse representante não for capaz de unir a nossa comunidade está perdida e quem sairá perdendo somos nós, aí será uma derrota e uma vergonha escolhermos a pessoa errada.

 

Sue O’Brien – Consultora Jurídica

Eu espero que o representante da comunidade tenha seu primeiro foco direcionado a auxiliar a comum brasileira e a apresentar uma postura que possa levar os problemas realísticos que acontecem dia a dia com a comunidade ao governo brasileiro e  que seja carismática a nossa comunidade.

 

Álvaro Lima – Diretor de pesquisa da Prefeitura de Boston

Eu espero que os representantes eleitos sejam capazes de articular as demandas da comunidade brasileira em políticas públicas como saúde, educação e aposentadoria e que o Ministério das Relações Exteriores possa coordenar com os outros ministérios para que essas políticas sejam encaminhadas e executadas.

Fonte: (Da redação)

Top News