Publicado em 29/11/2010 as 12:00am

Homem tenta estuprar mulher utilizando vestimenta bizarra

A vítima disse à polícia que o Mariano Gomes, de 28 anos, adentrou o seu quarto vestido com uma máscara de ski, de posse de uma furadeira e de um rolo de papel higiênico

 

Um homem em Marlborough – MA, foi preso nesse sábado(27), sem direito a fiança , acusado de tentativa de estupro a uma mulher na quinta  -feira. Mariano Gomes, de 28 anos, estava na casa da vítima, quando a imobilizou e utilizou papel higiênico para tapar a sua boca, enquanto iniciava o ato sexual.

O juiz Michael Madaus, ordenou que Mariano responderá por tentativa de homicídio, tentativa de estupro, e agressão utilizando arma perigosa. Na quinta – feira, a polícia foi chamada ao apartamento, por volta das, 3:45 am,  onde mora o acusado com a mulher. Diversos vizinhos do casal chamaram as autoridades, após escutarem os gritos da vítima. Segundo testemunhas, os dois apenas dividem o apartamento, tendo cada um, o seu próprio quarto.

A vítima disse à polícia que o Mariano adentrou o seu quarto, vestido com uma máscara de ski, e de posse de uma furadeira. Em seguida, ele a segurou à força, e tentou imobilizá-la junto à cama, além de  tapar a sua boca, utilizando um bolo de papel higiênico, com alguma substância ainda não identificada, com a intenção de fazer a vítima perder a consciência. A mulher, entretanto, atacou de volta, conseguindo se desvencilhar por um chute, seguindo em fuga, gritando por ajuda, segundo o site wicked local.

Uma outra residente do prédio, disse à polícia que viu Mariano deixar o apartamento. Várias testemunhas disseram ter visto o acusado se escondendo antes da polícia chegar. A máscara de ski foi encontrada no chão do prédio. Com algumas marcas e ferimentos, a vítima foi levada ao Marlborough Hospital, onde foi tratada e liberada.

Em um site de notícias onde o fato foi divulgado, os comentários acerca da matéria mostraram muita revolta pela tentativa de estupro, alguns deles até fazendo referência ao fato do acusado ser um imigrante indocumentado.

Fonte: (Da redação)