Publicado em 3/12/2010 as 12:00am

Brasileiro é acusado de abuso sexual de enteada em Trumbull/CT

O pintor brasileiro Wagner Duarte Martins, 30 anos, é acusado de assediar sexualmente a sua enteada de apenas 12 anos, e atualmente se encontra foragido da polícia

 

Um episódio envolvendo o abuso sexual de uma menor em Trumbull – CT, tem sensibilizado toda a comunidade brasileira de Connecticut. O pintor brasileiro Wagner Duarte Martins, 30 anos, é acusado de assediar sexualmente a sua enteada de apenas 12 anos, na noite do dia 1 de Setembro de 2010, e atualmente se encontra foragido da polícia.

A mãe da vítima, uma comerciante da cidade que prefere não se identificar, disse que na noite do incidente, teria deixado a sua casa para ir a um jantar de aniversário da sua cabelereira, deixando o namorado e a filha sozinhos em casa. Segundo relatos da menor, tudo começou quando o Walter tentou abordar a garota realizando uma massagem. “ Ela reclamou que estava com dores no ombro, e ele se ofereceu para fazer uma massagem, e aí começou a tocá-la de forma inapropriada em lugares íntimos. Ela tentou se desvencilhar, e mesmo com ele a segurando, ela deu um soco nele e fugiu correndo de casa, gritando por ajuda. Uma vizinha abriu a porta para ela e ela me ligou. Eu não acreditei no que estava acontecendo, minha única ação foi ligar para polícia imediatamente” afirma a comerciante C.C, que há 22 anos reside nos EUA, e há 4 estava em um relacionamento com o Wagner, que é natural de Carbonita, Minas Gerais.

A mãe da garota, ainda atordoada com o fato, diz que o namorado nunca demonstrou tais intenções durante o convívio diário,  mantendo até certa distância com a enteada. “ Ele sempre foi um namorado presente e respeitoso, mas ao mesmo tempo sempre foi distante da minha filha, nem como padrasto eu enxergava ele, eles praticamente não conviviam juntos” afirma ela, salientando que o choque pelo ocorrido ainda não foi superado pela jovem, que está em tratamento psicológico para esquecer o incidente. “Ela está indo ao psicólogo uma vez por semana, e ainda tem medo de se aproximar de homens e de jovens da idade dela. É difícil lidar com isso, principalmente porque ela sempre foi bem reservada, nunca foi de ceder espaço para esse tipo de abordagem” relata a comerciante, que está empenhada em achar o ex-namorado a qualquer custo. “ Já fiquei sabendo que ele pode estar no país, alguns amigos me falaram que viram ele, inclusive com contato com outra vítima de abuso sexual e menor de idade. Porém, acho que ele pode ter fugido para o Brasil” opina C.C.

Um mandado de prisão foi expedido, e a polícia da cidade ainda trabalha na busca pelo brasileiro. “ A investigação caminha em segredo de justiça, mas posso adiantar que assim que ele for capturado, vai enfrentar acusações de assédio sexual em 4º grau e de risco de ferir uma menor de idade. Além disso, já verificamos que ele está ilegalmente no país e pode ser encaminhado para deportação após cumprir as sentenças criminais” disse o policial encarregado do caso, Detective Kevin Hammel. A polícia pede para quem tiver mais informações acerca do paradeiro do brasileiro, contatar a polícia da cidade, no número (203) 261-3665.

 

 

Fonte: (Da redação)