Publicado em 15/02/2011 as 12:00am

Jovem brasileira perde a perna em acidente de lancha

A adolescente brasileira Gabby De Souza, 14 anos, foi vítima de um acidente que obrigou os médicos a amputarem parte de sua perna

 

A adolescente brasileira Gabby De Souza, 14 anos, foi vítima de um acidente que obrigou os médicos a amputarem parte de sua perna. Na semana passada, ela foi atingida por uma hélice de um barco. A notícia de que os médicos teriam que amputar uma das pernas da menina abalou a comunidade de Coral Spring, na Flórida e deixou os seus parentes em estado de choque.

Ela ficou sedada até o final de semana, quando os efeitos da anestesia foram diminuindo. Mas os parentes não sabiam ainda como contar para ela que uma das pernas foi retirada para que ela sobrevivesse.

O acidente aconteceu no sábado (05), quando Gabby estava brincando nas águas da praia Pier de Juno. Ao ir ao encontro de um amigo que chegou ao local de lancha, a brasileira foi surpreendida por uma onda que a jogou contra o barco. Neste momento ela foi atingida pela hélice que quase arrancou sua perna. Ela foi levada para o St. Mary's Medical Center em estado grave e corria risco de morte, mas graças à rapidez no atendimento, os ela teve a vida salva.

Segundo relatos de amigos, os médicos tentaram, mas não conseguiram evitar que a amputação fosse feita. A cirurgia retirou parte da perna da brasileira cerca de três centímetros abaixo do joelho.

Gabby será submetida a mais três cirurgias e passaram por um longo período de reabilitação, tanto física quanto psicológico.

No domingo (13), estudantes da High School e alguns membros da comunidade realizaram, na parte da tarde, uma vigília de oração que pedia para “Deus acalantar o coração da brasileira”, pois estão preocupados com a reação ao contarem da cirurgia.

Além das orações, a família está precisando de ajuda para custear o tratamento médico, acompanhamentos psicológicos e outras despesas futuras. Diante disse, a associação beneficente dos bombeiros iniciou uma campanha para levantar fundos que paguem os cuidados, inclusive os gastos com a compra de uma prótese.

Quem quiser ajudar a família pode enviar suas doações para Coral Springs Professional Firefighters Benevolent Association, Box 9665, Coral Springs 33075.

Fonte: (Da redação)

Top News