Publicado em 22/02/2011 as 12:00am

ONG lança iniciativa condenando o tráfico humano

A festa Traffic Jam, acontece na próxima sexta ? feira(25), em Hudson ?MA, levantando a reflexão sobre o tráfico humano de brasileiros que são explorados no país

 

Criado por um grupo de amigos brasileiros em Marlborough – MA, a organização sem fins lucrativos ‘Events For Change’ foi criada há aproximadamente um ano com o intuito de agir em prol de causas humanitárias, através de eventos que levam muita confraternização entre a comunidade brasileira da região.

A festa Traffic Jam, acontece na próxima sexta – feira, dia 25 de Fevereiro, em Hudson –MA, levantando a reflexão sobre um tema polêmico mas que preocupa muitos ativistas pró-imigração e dos direitos humanos. O tráfico humano com intenção de aliciar sexualmente  ou escravizar os imigrantes que chegam ao país. Para o organizador e um dos fundadores da ONG, Vinicius da Silva, de 27 anos, o tema é um tabu e deve ser mais discutido e combatido. “É um problema muito grande que afeta mulheres, crianças, e imigrantes que chegam ao país com a intenção de ter uma vida melhor pra eles e suas famílias, e terminam sendo explorados sexualmente ou trabalhando em minas ou colheitas de agricultura sem remuneração , sendo praticamente escravizados” declara. “Pensamos que seria legal conscientizarmos as pessoas promovendo a interação, em um ambiente descontraído, mas falando sobre um tema muito sério” completou o carioca, que reside no país há 20 anos.

A ONG promoveu em junho do ano passado, um evento de estréia que foi considerado um sucesso, e abriu caminho para os novos projetos. “Fizemos a festa Black &White, que ocorreu em Ashland e fez muita gente dançar, ao mesmo tempo que estavam ajudando crianças carentes.A renda da festa foi doada para a ONG  Child’s Play, que utilizou a verba para comprar brinquedos para menores enfermas, que muitas vezes passam muita angústia em hospitais e  alojamentos, sem ter ao menos algo para suscitar o sorriso em seus rostos” declara Vinicius.

Pesquisas apontam a existência no mundo de aproximadamente 27 milhões de pessoas que vivem em condições de escravidão, sendo 2 milhões de crianças. O problema existe em todo lugar, até mesmo nos EUA.  A renda da festa será doada para a ONG Hope House, que atua no apoio psicológico às vítimas femininas de tráfico humano.  A festa será no Hudson Elks Club, situado na 91, Park Street, e começará às 8pm. Para mais informações sobre a festa e o trabalho da ONG, entrar no site www.events-for-change.org ou pela página do grupo no Facebook.

Fonte: (Da redação)