Publicado em 2/03/2011 as 12:00am

Site de brasileiro volta com novas denúncias

"A Hora da Verdade" foi criado para denunciar a corrupção e perseguição promovida por um grupo formado por políticos, pastores e empresários

 

O mineiro Devair Lucas, depois de chegar aos Estados Unidos e conseguir asilo neste país, pretende não descansar enquanto não colocar atrás das grades os responsáveis pela sua saída do Brasil. Pelo menos foi o que ele afirmou durante uma polêmica entrevista concedida ao jornal Brazilian Times.

Devair aponta um grupo, que segundo ele, é formado por pastores evangélicos, empresários, policiais e políticos, e vem promovendo o medo em algumas regiões de Minas Gerais. “Eu fui vítima desta quadrilha e para não morrer tive que fugir do meu país”, fala salientando que “os envolvidos mandam e desmandam no sistema.

Depois de conseguir proteção nos Estados Unidos, Devair iniciou um trabalho de denúncias com o objetivo único de mostrar a cara de seus perseguidores e relatar para a comunidade quem realmente é cada um dos envolvidos. Para isso ele escreveu um livro detalhando todas as ações praticadas pelo grupo, com provas e documentos oficiais para cada acusação. Outra iniciativa do mineiro foi abrir um site intitulado “A Hora da Verdade” onde tem postado diariamente publicações em jornais, vídeos e outras denúncias contra “seus perseguidores”.

O site www.ahoradaverdade.com tem até mesmo vídeos de Devair, quando ele foi testemunha contra a tentativa de desmascarar e prender a quadrilha em questão. “Minha intenção é mostrar quem são estas pessoas, pois foram elas que motivaram a minha saída do país que tanto amo”, explica.

O livro que já foi lançado em português está em processo de impressão nas línguas inglesa e espanhola. Desta forma, Devair espera que mais pessoas conheçam a “criminalidade que impera em alguns meios da sociedade que deveria ser confiáveis”.

Mas o mineiro não sofreu apenas estas perseguições e segundo ele, nos Estados Unidos já foi procurado por pastores que lhe aconselharam a desistir do caso e que isso não levará a nenhum lugar. “Tenho certeza de que eles são pessoas mandadas pelos chefões da quadrilha para tentar me persuadir. Mas não vou desistir”, conclui.

O site tem novos vídeos e novas provas contra a quadrilha que o perseguiu e as pessoas interessadas em adquirir uma cópia do livro em português, podem entrar em contato com ele. “Tenho alguns exemplares gratuitos e meu contato é o telefone  (617) 832-5908 ou o email contact@thehouroftruth.com

 

Fonte: (Da redação)

Top News