Publicado em 30/03/2011 as 12:00am

Anti-imigrante se candidata a vereador visando combater indocumentados

Jim Rizoli afirma que vai trabalhar no combate à imigração, revelando que quer identificar e fechar empreendimentos administrados por indocumentados em Framingham - MA

O ativista anti-imigrante Jim Rizoli afirmou nessa semana, que irá se candidatar para o ser vereador em Framingham – MA, e que vai enfatizar o combate a imigração ilegal na região.

Segundo informações de publicações locais, ele afirma que resolveu se tornar um candidato para trazer o tema para discussão no câmara de vereadores e trazer diversidade de pensamento no tratamento do problema. “ Eu estou de um lado, e eles estão de outro” disse ele ao jornal MetroWestDailyNews. Ele ainda confirmou que está preocupado com a administração financeira da cidade e com o crescimento da população imigrante na região.

Com um posicionamento mais ameno no tratamento do tema, ele afirma que ‘não desgosta de indocumentados, mas se eles querem ficar, vão ter que pagar’ opina o candidato, em relação ao custo da educação pública. Segundo suas próprias estimativas, Framingham gasta mais de $20 milhões para educar filhos de indocumentados.

Ele salienta que vai trabalhar forte no tratamento do tema, revelando que quer identificar e fechar empreendimentos administrados por indocumentados. “ Eu represento um grupo de pessoas nessa cidade. Várias pessoas chegam até a mim e dizem que estão comigo nessa luta” revela Rizoli.

No próximo dia 5 de Abril, duas cadeiras na câmara de vereadores serão o sempre da disputa eleitoral na cidade, com Rizoli enfrentando os candidatos Dennis Giombetti, Laurie Lee, Nick Sanchez e Eric Silverman. O ativista concorreu para deputado estadual em Novembro passado, recebendo 10% dos votos. “ Eu concorro para esses cargos porque eu tenho que tentar ao menos” disse ele.

Entre suas outras propostas, Rizoli afirma que planeja rever o orçamento e a receita da cidade e por políticas que defendam os direitos dos aposentados. Ele também planeja revitalizar e modernizar alguns centros de compra de Framingham. “ Eu quero ver as lojas embaixo e apartamentos em cima, na reestruturação” afirma ele, que se aposentou como limpador de carpetes.

O ativista é velho conhecido da comunidade brasileira sobre os seus posicionamentos radicais contra com os indocumentados e teve o programa de TV que comandava, cancelado após violar mais de 20 políticas do canal comunitário da região. Juntamente com seu irmão, Joe, ele comanda agora um website anti-imigrante, chamado called Concerned Citizens and Friends of Illegal Immigration Law Enforcement – (www.ccfiile.org). “ Você pode não gostar do que eu digo, mas eu tenho o direito de dizer” diz o agora candidato.

‘ Rizoli nunca vai separar Framingham dos imigrantes’ afirma radialista

Para o radialista e ativista Ilton Lisboa, a candidatura de Rizoli não representa risco à comunidade brasileira da região. “ Essa notícia é o reflexo da incompetência dele em oferecer algo de útil para a cidade, onde 15% da população é brasileira. Todos os órgãos públicos e privados tem um grande respeito pelos brasileiros e imigrantes, sejam eles o Departamento de Polícia, as escolas, as empresas, todas valorizam a nossa importância em Framingham” opina Ilton.

A decisão de Rizoli de perseguir os empresários indocumentados é , segundo Ilton, a prova de que o candidato não está interessado em ajudar a cidade, e sim espalhar o seu ódio.” Não tem como separar Framingham dos imigrantes. Toda empresa ou negócio nessa cidade é bilíngue e deve muitos a eles por seu sucesso. A cidade não pode se dar ao luxo de se desfazer deles, e isso nunca ocorrerá” afirma o radialista. “ Ele deveria jogar no time da diversidade, pois como podemos perceber pelo seu sobrenome, ele também tem descendência de imigrantes e deveria analisar isso na hora de combatê-los” completa.

Fonte: (da redação)