Publicado em 29/04/2011 as 12:00am

Pais e mães brasileiras dormem na rua por vaga em escola em NJ

Mais de uma centena de pais e mães de várias nacionalidades, passaram quase 24 horas ao relento na busca de uma vaga para os filhos para o ano letivo de 2012 na Ann Street School, localizada no bairo do Ironbound na cidade de Newark no estado

Mais de uma centena  de pais e  mães de  várias nacionalidades, passaram quase 24  horas ao relento na busca de uma vaga para os  filhos para o ano letivo de 2012 na Ann  Street  School,  localizada  no  bairo  do Ironbound  na cidade de Newark no estado de New Jersey. Segundo Lucimar Pereira, 47 anos, casada,  baby sitter,  morando nos   EUA   há  25 anos, chegou à porta da escola às 7h40 da noite de  terça-feira, dia 26 de abril e só foi atendida às 10h40 da manhã de quarta-feira, dia 27.

 “ Sinto-me frustrada e humilhada por ter que passar  por uma situação dessas. Dizem que se deixarmos os filhos em casa é contra  a lei e podemos até ser  presos e agora que não tem  vagas  como devemos fazer?  Quem será punido   por falta de  vagas  e  escolas no bairro?”

O número de  pais  que dormiram ao relento nas  calçadas  chegou a 124 pessoas. deste  total, somente 85 pais conseguiram vagas para o ano letivo de 2012  que terá  início em setembro de 2011. Os  demais tiveram que voltar  para casa. De acrodo  com Lucimar, funcionários da escola   disseram para ela voltar   em setembro de 2011 para tentar   uma vaga para o filho.

“Espero em Deus que algo possa feito em nosso bairro, pois  isso  é um verdadeiro absurdo, somos obrigados a colocar os filhos  na escola, mas como  se nas escolas  não existem vagas?”  Lucimar disse que um dos fatores da  falta de vagas é motivado por pessoas  de outros bairros e até mesmo de outras cidades que  usam dados falsos, nomes e endereços de amigos e parentes residentes no Ironbound para matricularem seus filhos nas escolas do Bairro Leste, consideradas como  as melhores  da região pelo nível de segurança e aproveitamento dos  alunos da região”.

Com uma população na casa  dos 75 mil habitantes,  o bairro contribui   com  67%  dos impostos arrecadados  na cidade  e  é um dos principais cartões postais da cidade,  servindo de referência pela população ordeira e empreendedora,  população que além de ser vítima  dos bandidos, não tem   escolas suficientes e faltam áreas de  lazer para   os jovens e crianças  da região.

A presença de vários pais  durante a madrugada na porta  da Ann Street  School  chamou a atenção da mídia  da  região de  New York  e o fato  foi manchete nos principais telejornais matutinos  de canais de língua   inglesa  como: ABC, CBS  e  o canal hispânico  Univision.

O fotógrafo free  lancer   Geraldo   da Silva  Carlos,  passou a noite   auxiliando  as pessoas  na distribuição de água, comprando lanches e café.  Das   2 às  4 horas da madrugada as pessoas ficaram sob  uma forte chuva  que caiu  durante a madrugada. Assistam    em nosso site  a entrevista que a diretora  da escola concedeu  aos canais de TV na manhã  de quarta-feira, dia 27 de abril, e veja  como as  pessoas  passaram a noite   ao relento na busca de uma vaga escolar   para o ano letivo de 2012.

Fonte: (Francisco Sampa)