Publicado em 30/05/2011 as 12:00am

Emendas anti-imigrantes são aprovadas em MA

As emendas agora seguem para a análise dos deputados estaduais para depois serem encaminhadas para a mesa do governador Deval Patrick, que terá a palavra final para a promulgação da iniciativa

Com muita apreensão e expectativa acerca da votação de mais um projeto anti-imigrante apresentado pelos senadores do estado de Massachusetts, a frustração foi o sentimento mais presente entre os brasileiros, por conta da aprovação, na madrugada de sexta-feira(27), das emendas orçamentárias anti-imigrantes que visam apertar ainda mais o cerco contra os indocumentados no estado.

Pela segunda vez, os legisladores conseguiram aprovar o projeto, sendo que no ano passado, ele foi vetado e não conseguiu ser promulgado. O projeto atua tanto disponibilizando um disque-denúncia 24 horas, para denunciar indocumentados de forma anônima, até como tornar o programa E-Verify obrigatório, e barrar de vez qualquer possibilidade de In-State Tuition para estudantes indocumentados no estado. Além disso, requere que a Procuradoria-Geral do Estado investigue qualquer denúncia relacionada à violação nas leis de imigração e intensifica as penalidades para quem dirigir sem Driver’s License de MA.

Os senadores republicanos por Massachusetts,  Bruce E. Tarr, Robert L. Hedlund e Mike Knapik, apresentaram o pacote como emenda do FY2012 budget de 2012. Eles são conhecidos por seus projetos conservadores e , em grande parte, anti-imigrantes. Também responsáveis pelo pacote do ano passado, esse ano eles tiveram apoio suficiente para passar o plano no senado, mas mesmo que passei na Câmara dos Deputados, é pouco possível que o governador assine a medida.

As emendas agora seguem para a análise dos deputados estaduais para depois serem encaminhadas para a mesa do governador Deval Patrick, que terá a palavra final para a promulgação da iniciativa. Caso assine, o projeto pode criar um novo panorama das leis estaduais com os imigrantes, que  vão adentrar uma nova realidade, de obstáculos e dificuldades ainda maiores.

Em contrapartida à iniciativa, dois senadores democratas também estão juntando esforços em favor dos imigrantes. Sonia Chang-Diaz e James Eldridge  apresentaram uma emenda que poderá retornar os benefícios aos estimados 40.000 imigrantes legais do estado. “ Eu acredito que toda pessoa que reside em Massachusetts deve ter acesso à saúde pública” afirmou. “ Quando Massachusetts passou o amplo plano de Health Care em 2006, nós estendemos os benefícios para os imigrantes legais. À luz das regras da justiça, eu acho que essa extensão vai ser reimplantada” relata ele, salientando que a medida será financiada por uma nova legislação que poderia arrecadar $1 bilhão ao estado, em aumento da taxa de imposto de renda, principalmente para classes consideradas altas e ricas.  Para identificar o senador que te representa, acessar o site www.wheredoivotema.com.

Fonte: (da redação)