Publicado em 9/06/2011 as 12:00am

Aulas de português a descendentes de brasileiros fora do país

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil anunciou hoje o lançamento de um programa voltado para o apoio e difusão do ensino de português aos descendentes de brasileiros que residem no estrangeiro.

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil anunciou dia 3, o lançamento de um programa voltado para o apoio e difusão do ensino de português aos descendentes de brasileiros que residem no estrangeiro.

"O Itamaraty trabalha há muitos anos com a difusão da língua portuguesa, mas o público alvo sempre foram os estrangeiros. Agora, com o aumento da migração brasileira, sentiu-se a necessidade de expandir o apoio aos filhos destes emigrantes", explicou a assessoria do ministério à Lusa.

O projeto piloto será implantado na região de São Francisco, nos Estados Unidos. A escolha foi feita pelo facto de ser este o país com maior número de imigrantes brasileiros -- 1,2 milhões no total.

Para dar resposta à procura, o ministério identificou escolas particulares de português que já existem nas regiões de São Francisco, Los Angeles e Houston, e oferecerá cursos gratuitos de aperfeiçoamento aos professores.

"O objetivo é formalizar o aprendizado do português, porque é diferente aprender a língua formalmente e aprender apenas em casa, falando com os pais e com pessoas que também entendem o inglês", destacam os responsáveis.

As primeiras aulas serão oferecidas de 17 a 19 deste mês no Consulado-geral do Brasil em São Francisco e a previsão é de que o programa se expanda para outras regiões dos EUA e outros países onde haja um número expressivo de emigrantes do Brasil.

Fonte: (da redação)