Publicado em 17/06/2011 as 12:00am

Prefeito de Boston declara 14 de junho o dia do GMB

A partir de agora, o dia 14 de junho de 2011 é o Dia do Grupo Mulher Brasileira.

A partir de agora, o dia 14 de junho de 2011 é o Dia do Grupo Mulher Brasileira. A Proclamação, assinada pelo Prefeito Tom Menino, de Boston, foi entregue à diretora-executiva do GMB por Agnes Chang do Escritório dos Novos Bostonianos, da Prefeitura. “É em reconhecimento ao excelente trabalho que o Grupo faz em Boston e em todo o Estado”, disse a assessora do Prefeito.

            A comemoração dos 16 anos do Grupo Mulher Brasileira lotou o Restaurante Midwest Grill na noite de terça-feira(14), reunindo americanos, como Amy Leung, da fundação Boston Wemen’s Fund, que financia projetos do GMB, e Nomi Meyers e Audrey Richardson, do Greater Boston Legal Services. A Caixa Econômica Federal, que se prepara para uma série de workshops de Capacitação Financeira, levou uma comitiva de oito pessoas.

            O programa da festa incluiu o jogo da trivia e, como em anos anteriores, apreciação de brasileiros e cidadãos norte-americanos. A homenageada deste ano foi Maria Aparecida Patricio Gomes, naturalizada no dia 2, em cerimônia no Faneuil Hall. “A primeira coisa que fiz depois da cerimônia foi me registrar para votar”, disse Cida , toda feliz.

            Em seu discurso de apresentação, Heloisa ressaltou que o número de brasileiros naturalizados no ano passado subiu 28% em relação a 2009: “Há 16 anos, o GMB denuncia a injustiça e reivindica direitos humanos básicos, como o direito ao trabalho. E nas eleições nós exercemos nossos direitos civis para mandar para casa políticos como Fattman (deputado estadual que disse que mulher indocumentada deve temer denunciar abuso) e nós elegemos representantes que defendem os direitos dos imigrantes. Aqueles que estão na linha de frente e acreditam em justiça e igualdade para trabalhadores honestos da nossa comunidade” afirmou.

            O aniversário do Grupo marcou também o lançamento de uma campanha de membros. “Nós precisamos de membros como vocês, precisamos continuar desenvolvendo o trabalho que fazemos. Não precisa ser mulher, nem brasileira e não custa nada”, disse Adriana Lafaille da Diretoria do Grupo. Vários dos presentes preencheram os cartões de inscrição durante o evento. Os formulários de filiação ao Grupo podem ser preenchidos na sede do Grupo e on line no site www.verdeamarelo.org.

Fonte: (da redação)