Publicado em 20/06/2011 as 12:00am

Brasileiro expõe passado de pobreza e imigração em livro

O escritor Ivan King, acaba de lançar 'Valley of Steel', livro que se baseia em experiências próprias no Brasil e EUA, para construir uma narrativa que caminha entre a ficção e a autobiografia

“A minha paixão por literatura nasceu quando eu li um livro do Ernest Hemingway chamado ‘No Amor e na Guerra’. Eu tinha apenas 12 anos, e aquilo mudou a minha vida para sempre”. Esse ‘estalo’ de inspiração é a razão do brasileiro Ivan King, hoje dedicar boa parte da sua trajetória na construção de narrativas e realidades fictícias ou não, em sua ascendente carreira de escritor.  Ele acaba de lançar a sua biografia, Valley of Steel, que se baseia em experiências próprias no Brasil e EUA, para construir uma narrativa que caminha entre a ficção e a autobiografia.

Dizendo-se um apaixonado por literatura clássica, ele cita Hemingway, Faulkner e Steinbeck como maiores influências em seu estilo narrativo. Livros de James Patterson e Paulo Coelho, também são referências. “Acho que já li ‘O Alquimista’ umas dez vezes” afirma ele, citando o sucesso de vendas do autor brasileiro.

Ele acaba de lançar o livro Valley of Steel ( que em suas palavras, deveria ser traduzido para Cemitério das Pedras), que parte da suas histórias de uma infância pobre nas favelas e orfanatos, para construir uma história em formato autobiografia, em primeira pessoa. “ São histórias que perpassam desde os tempos que eu morava na minha cidade natal, Rio de Janeiro, até a minha criação em Ipatinga, num orfanato. Ele visiona os dilemas sofridos por muitos brasileiros, detalhando as minhas experiências, que embora dolorosas, me fizeram buscar uma vida melhor, mudando de país” afirma ele, que reside em Washington DC.

Ao relatar os maiores imbróglios e dificuldades na América, ele afirma que a experiência o puxou para vencer na vida, e dar a volta por cima de um passado triste e sem aparente prognósticos. “ Eu sempre realizo uma citação ao falar sobre  isso. ‘Ser hoje fizermos o que ninguém quer fazer, amanhã poderemos fazer aquilo que ninguém pode’.  O  desafio de aprender inglês foi cruel, o estilo de vida americano também foi um complicador, porque tudo parecia muito diferente do Brasil. No começo, senti falta de estar no Brasil, dos nossos costumes, e principalmente, do amor e do carinho dos meus amigos e minha família. Mas, eu acredito que os ‘fins justificam os meios’ então valeu muito a pena. Hoje, adoro hoje a vida que tenho. Sobre tudo, a oportunidade de fazer o que eu mais gosto – impactar o mundo através das palavras” revela ele, que já reside no país há 20 anos.

O ‘Valley of Steel’ utiliza fatos reais e verossímeis para construir uma narrativa que agrega a ficção como núcleo central. Após a morte de seu melhor amigo, Ivan embarca numa viagem para encarar seu pior inimigo: o passado. A única maneira de encontrar redenção foi a promessa de um novo começo. A história relata tragédias e triunfos sob a ótica de um personagem que viveu na pele boa parte daquelas experiências.

Para saber mais sobre a trajetória de Ivan King, entrar no site www.ivanking.com. O livro ‘Valley of Steel’ pode também ser encontrado nas lojas online da Amazon (www.amazon.com) e Barnes & Noble (www.barnesandnoble.com).

Fonte: (da redação)

Top News