Publicado em 7/07/2011 as 12:00am

Brasileiro perseguido no Brasil, lança segundo livro

O escritor Devair Lucas acaba de anunciar o lançamento de mais um livro relatando os casos de tortura e humilhação, intitulado A Hora da Verdade 2

Após chegar aos Estados Unidos e conseguir asilo no país por conta de muitos episódios de tortura, humilhação  e perseguição ocorridos em Minas Gerais, Devair Lucas  pretende não descansar enquanto não colocar atrás das grades os responsáveis pela sua saída do Brasil, e acaba de anunciar o lançamento de mais um livro relatando os casos, também intitulado A Hora da Verdade, bem como o primeiro livro e o site na internet, no ar desde o ano passado.

Devair aponta e detalhe no novo livro, acerca de um grupo, que segundo ele, é formado por pastores evangélicos, empresários, policiais e políticos, e vem promovendo o medo em algumas regiões de Minas Gerais. “Eu fui vítima desta quadrilha e para não morrer tive que fugir do meu país”, fala salientando que ‘os envolvidos mandam e desmandam no sistema’.

Depois de conseguir proteção nos Estados Unidos, Devair iniciou um trabalho de denúncias com o objetivo único de mostrar a cara de seus perseguidores e relatar para a comunidade quem realmente é cada um dos envolvidos. Para isso ele escreveu um livro em 2008, detalhando todas as ações praticadas pelo grupo, com provas e documentos oficiais para cada acusação. Outra iniciativa do mineiro foi abrir um site intitulado “A Hora da Verdade” onde tem postado diariamente publicações em jornais, vídeos e outras denúncias contra “seus perseguidores”.

O site www.ahoradaverdade.com tem até mesmo vídeos de Devair, quando ele foi testemunha contra a tentativa de desmascarar e prender a quadrilha em questão. “Minha intenção é mostrar quem são estas pessoas, pois foram elas que motivaram a minha saída do país que tanto amo”, explica.

História que rendeu documentário

Natural de Governador Valadares, o mineiro Devair tem uma história de vida marcada por muita tortura, humilhação e perseguição. Em 1995, na época ainda um empresário do ramo de imóveis, ele comprou uma fazenda do deputado federal de Minas Gerais, com o intuito de lançar o seu próximo empreendimento imobiliário. “Mas ele vendeu a mesma fazenda para outra pessoa e falsificou a minha assinatura para justificar uma quebra contratual”, explicou Devair para a reportagem do BT. Com o intuito de denunciar o golpe, Devair distribuiu 260 mil cartas relatando a sua história. A retaliação veio com muitas ameaças, seguidas de espancamentos e culminando até numa tentativa de assassinato que deixou uma bala alojada na cabeça do mineiro. Desesperado, ele imigrou para os EUA na tentativa de sobreviver. Chegando ao país requisitou o asilo humanitário, que lhe foi concedido há quatro anos. Sua história já rendeu um documentário, que deverá ter mais duas continuações.

Sobre a possibilidade de ser perseguido novamente, ele demonstra tranquilidade quanto a sua segurança. “ Sei que tudo que vai ser publicado tem provas, não estou simplesmente acusando ninguém, estou expondo a realidade com documentos. Quem  acessar o site poderá conferir os nomes, fotos, provas, de todas as acusações e pessoas envolvidas. Tenho mais medo de uma mordida de formiga do que de novas torturas. Estou protegido por um país que me garante esse direito” afirma.

O livro que está com lançamento marcado para os próximos meses, vai ser impresso em quatro línguas e Devair afirma que quer levar a sua história para o mundo inteiro. As pessoas interessadas em adquirir uma cópia do livro em português, podem entrar em contato com Devair por telefone ou email -  (617) 832-5908 ou o email contact@thehouroftruth.com

Fonte: (da redação)