Publicado em 11/07/2011 as 12:00am

Jornalista indocumentado luta pela Reforma Imigratória

Ganhador do premio Pulitzer, um dos mais importantes do mundo, assumiu ser um imigrante em situação ilegal nos Estados Unidos

O jornalista Jose Vargas, que recentemente protagonizou mais um capítulo da imigração ilegal nos Estados Unidos, é mais um aliado dos ativistas que buscam uma reforma nas leis de imigração no país. Ele, agora, estará entre os cabeças que brigam pela legalização dos milhões de imigrantes neste país.

Para ajudar na luta pela reforma, ele criou uma organização chamada de Define American que tem como objetivo fundamental fazer lobby para promover a reforma e combater o preconceito em relação aos imigrantes indocumentados.

Em um vídeo publicado no site desta organização, Vargas conta que descobriu que seus documentos eram falsos aos 16 anos de idade e desde então passou a viver uma vida secreta e escondeu seu status por muitos anos. Mas sua situação no país não impediu que ele tivesse uma carreira jornalística de sucesso. “Eu pago meus impostos, sou autosuficiente e me sinto norte-americano”, disse ele acrescentando que a única coisa que não tem são os documentos certos.

Continuando em seu depoimento, Vargas disse que assume qualquer responsabilidade pelos seus erros e está triste por ter quebrado as leis.

Os ativistas que defendem os direitos dos imigrantes receberam com orgulho e empolgação as declarações de Vargas. “Ele é apenas mais uma das pessoas que foram trazidas, pelos pais, para os Estados Unidos ainda criança e agora lutam para legalizar seus status”, afirma Tylor Moran diretor do National Immigration Lwa Center.

Fonte: (texto: Luciano Sodré)