Publicado em 12/08/2011 as 12:00am

Xerifes de MA iniciam campanha para expulsar os imigrantes

CAMPANHA

Dois nomes fortes no combate à criminalidade e imigração ilegal em Massachusetts estão se unindo para forçar o governador Deval Patrick a aderir ao programa Secure Communities, que permite o trabalho em parceria entre policiais locais e o departamento de Imigração para retirar de circulação imigrantes com crimes violentos.

 

O xerife do Condado de Bristol, Thomas Hodgson, e o do Condado de Plymouth, Joseph McDonald, se uniram para exigir que o governador do estado comprometa-se em trabalhar com os federais no sentido de deportar imigrantes infratores e permita que a polícia possa trocar informações do os agentes de Imigração.

Os dois xerifes estão avançando com planos para fazer com que os seus condados se unam ao programa, considerado anti-imigrante, mesmo o Governador Deval Patrick não querendo. “Não há nada que ele possa fazer”, fala Hodgson em relação ás recentes afirmações do governador de que não assinará o acordo com o programa. “Ele pode reclamar ou fazer o que quiser. Pode até me desafiar legalmente, mas não cessarei o trabalho”, ameaça.

Os dois xerifes são republicanos e estão programando para a próxima semana, uma reunião com funcionários da Imigração, à nível federal, no sentido de impulsionar a participação de seus condados no programa, além de fornecer todas as digitais dos detidos e outras informações que “eliminem os indocumentados da região”.

Atualmente, 42 estados já assinaram o acordo e participam do programa, considerado por muitos, anti-imigrante e fomentador do racismo e medo.  Massachusetts ficou entre os que não aderiram ao “Secure Communities”.

Para Hodgson, “a posição de Deval Patrick é irresponsável” e afirma que quando o Governo Federal implanta um programa para promover a segurança na comunidade, os líderes estaduais deveriam abraçar a causa. “É nossa obrigação dar proteção aos nossos cidadãos”, continua.O porta-voz de MacDonald, John Birtwell, disse que o xerife está mantendo contato com funcionários locais e diretores do ICE, em Washington, para mostrar sua ansiedade em participar do programa. Ninguém na administração de Patrick quis comentar o caso. A cidade de Boston, capital de Massachusetts, aderiu ao programa em 2006, mas recentemente o prefeito Thomas Menino afirmou que vai cancelar esta participação. Os dois xerifes estão com uma reunião marcada com diretores do ICE para 24 de agosto, onde discutirão o assunto

Fonte: (Luciano Sodré)