Publicado em 19/08/2011 as 12:00am

Esquema de vistos para os EUA é desmantelado

Para chegar ao desmantelamento da quadrilha, foi preciso que autoridades consulares dos EUA fizessem a denúncia

Um trabalho realizado pelo Ministério Público do Paraná em conjunto com as polícias paranaense e paulista, na manhã de terça-feira (16), desmantelou uma quadrilha que comandava uma fábrica de documentos falsos utilizados para facilitar a concessão de vistos para os Estados Unidos.

Segundo as informações divulgadas pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado – Gaeco, o esquema funcionava há oito anos e dezenas de pessoas utilizaram o trabalho da quadrilha.

Os investigadores solicitaram a prisão de cinco suspeitos, mas a Justiça do Paraná liberou apenas busca e apreensão no local apontado com QG da fabricação dos documentos.

Para chegar ao desmantelamento da quadrilha, foi preciso que autoridades consulares dos EUA fizessem a denúncia. Os funcionários do Consulado norte-americano em São Paulo desconfiaram dos vistos que estavam sendo concedidos a alguns brasileiros e notificaram a polícia.

Estima-se que pelo menos 100 pessoas tenham sido beneficiadas com os vistos oriundos de documentos produzidos pela quadrilha. Foram apreendidos vários passaportes e equipamentos utilizados pelos suspeitos, inclusive um computador onde supostamente estariam todas as informações e transações da quadrilha.

Entenda o esquema

O grupo criava declarações de Imposto de Rendas e recibos de folhas de pagamento de empresas, tipo de contracheques com altos salários. Desta forma impressionava o setor de concessão de vistos no Consulado e a liberação dos Vistos era agilizada.

A produção destes documentos custava R$ 5 mil e as negociações aconteciam via internet e correio, evitando assim qualquer suspeita.

Fonte: (Texto por Luciano Sodré)