Publicado em 24/08/2011 as 12:00am

Brasileiro é preso por oferecer $50 por sexo com criança

Luis C. Teixeira, de 34 anos, foi preso na noite de domingo(21), após oferecer $50 a mãe da garota para fazer sexo com a criança

Um brasileiro de Framingham – MA, foi preso no domingo(21), acusado de oferecer dinheiro em troca de sexo a uma criança de apenas 9 anos, além de se passar por policial, segundo informações da Framingham District Court.

Luis C. Teixeira, de 34 anos, foi preso na noite de domingo, próximo a Arlington Street, apenas minutos depois de fazer a oferta à criança, informou a promotora Kristen Noto, durante a audiência prévia do brasileiro.

A polícia foi informada do incidente por volta das 9:30 p.m, quando um grupo de mulheres disse que o brasileiro surgiu em frente a um carro, oferecendo dinheiro em troca de sexo com a garota. Segundo dados da polícia, o brasileiro teria oferecido $50 em dinheiro.

Quando a mãe da criança escutou a proposta, ela rapidamente puxou a filha para longe de Luis. O acusado então dirigiu por 80 yards, até ser confrontado por um grupo de garotos de 12 anos. “Ele disse a eles que era um policial e que tinha uma arma” afirma a promotora. “Ele colocou a mão dentro do bolso de sua calça, e fingiu estar segurando uma arma” completou, segundo o jornal Metrowestdailynews.

A polícia prendeu Luis minutos depois, e não foi encontrada nenhuma arma. O brasileiro agora responderá por diversas acusações e pode ser colocado sob custódia do Immigration and Customs Enforcement (ICE), por estar vivendo ilegalmente no país.

Teixeira terá que retornar à Côrte no dia 11 de Outubro, para uma audiência preliminar.

Operação no ano passado prendeu 4 brasileiros acusados de pedofilia

O brasileiro Evandi Ribeiro, de 33 anos, de Marlborough –MA,  Agmar Miranda, 32 anos, de Southborough, José de Oliveira, 36 anos, de Somerville,  e Paulo Amorim, 33 anos, de Natick, foram presos há um ano durante operação especial para desmantelar um grupo de pedofilia na região Metrowest de Massachusetts.

Ao longo das últimas semanas, a polícia trabalhou numa investigação para prender suspeitos de pedofilia e planejaram encontros com os brasileiros com utilizando-se de uma falsa vítima menor de idade.

Fonte: (da redação)