Publicado em 29/08/2011 as 12:00am

Brasileiro promove 'festa da sorte' e agora enfrenta deportação

No momento em que a polícia chegou ao local, Cleiton estava brigando com cinco convidados de sua festa. O policial Jorge Ruiz dominou o brasileiro usando uma arma de eletrochoque

Um brasileiro que promoveu uma festa para comemorar o seu ‘número de sorte’ acabou preso na semana passada, em Framingham – MA, após brigar com alguns convidados e ofender um policial.

Descontrolado, Claiton de Souza, de 33 anos, foi preso após receber um golpe de ‘taser’, uma arma de eletrochoque. Por ter uma carta de deportação expedida, o brasileiro deve ser colocado sob custódia do ICE, e encaminhado para deportação.

O brasileiro afirmou aos policiais que estava promovendo uma festa em homenagem ao seu número de sorte, 21. “ Ele disse que apenas queria celebrar o fato” afirmou o policial John Haidousis, segundo informações do jornal MetroWestDailyNews.

A confusão na festa começou quando a esposa de Cleiton, Ann Dego, ficou brava com o marido, após ele dançar com outra mulher. Depois de discutirem, ele se dirigiu ao seu Ford F-150 pickup, e bateu propositalmente no carro da esposa, um Mitsubishi sedan, que por consequência, se chocou com um outro carro, também uma pickup.

No momento em que a polícia chegou ao local, Cleiton já estava brigando com outras cinco pessoas na festa. O policial Jorge Ruiz tentou apartar a briga, e com a resistência do brasileiro, e ajuda de outros oficiais, dominou o brasileiro usando uma arma de eletrochoque.

O brasileiro foi levado para a delegacia e responderá por desacato à autoridade, resistência à uma ordem de prisão, conduta desordenada, e conduta maliciosa, causando um prejuízo a terceiros maior que $250.

Em audiência preliminar na Framingham District Court, Cleiton afirmou inocência. O juiz Robert Greco não definiu nenhuma fiança, mas exigiu que o brasileiro fosse entregue sob custódia do  Immigration and Customs Enforcement, por conta de uma carta de deportação expedida para ele, há algum tempo.

O brasileiro volta à Côrte no dia 27 de Setembro.

Fonte: (da redação)

Top News