Publicado em 29/08/2011 as 12:00am

Brasileiros revelam o que fariam com o prêmio

Ganhar na Mega Millions é o sonho de muitos, mas saber o que fazer com a quantia divide opiniões

Por Larissa Gomes

O imigrante cabo-verdiano Candido Oliveira, ganhou os holofotes da mídia de Massachusetts na semana passada, após ter sido o grande ganhador do jogo de loteria Mega Millions. Desempregado e residente em Dorchester, o cabo-verdiano levou sozinho o prêmio de $32 milhões, e colocou esperança em milhares de outros estrangeiros que residem no estado, de um dia se tornarem milionários ao jogar as famosas ‘ raspadinhas’ ou até mesmo os jogos de sorteio de números, como Mega Million e o Mass Cash. O BT foi às ruas para saber o que brasileiros fariam com a "bolada".

Cláudio Nascimento, residente em Everett há 5 anos e natural de São Paulo (SP)

"Trabalho desde os meus 11 anos e não deixaria de cortar carne, gosto de ser açougueiro. Se eu parar de trabalhar, fico doente e vou sentir que falta algo em mim. Mas eu investiria o dinheiro em imóveis no Brasil e ajudaria minha família também, quem sabe até abriria meu próprio açougue"

Hermínia Fernandes, residente em Malden (MA), e natural de Tombos (MG)

"Para ser sincera, U$ 32 milhões é muito dinheiro para mim, eu já estou com 75 anos, não sei como eu faria para gastar tanto dinheiro, nem sei se tenho muito tempo de vida, só Deus sabe. Embora minha saúde esteja muito bem, eu certamente voltaria para o Brasil e levaria toda minha família que mora aqui comigo"

Adriana Miranda, residente há 11 anos em Everett (MA), natural de Criciúma(SC)

"Amo morar aqui, há tantas coisas para comprar nos EUA, o dinheiro renderia mais do que no Brasil. Eu compraria o melhor carro e o mais caro, uma casa enorme e ajudaria parentes aqui e no Brasil, mas não voltaria para o Brasil de jeito nenhum"

Cristiano Cardoso, residente há 12 anos em Everett (MA), natural de Itajaí (SC)

 

"Aplicaria minha fortuna toda em ações do pré-sal no Brasil e não gastaria nada depois, porque por mês esse valor renderia centenas de milhares de reais na poupança, viveria muito bem com essa grana. A primeira coisa que compraria seria um Jet Ski, uma casa no lago e faria churrasco para os amigos todos os fins de semana"

Syusan Rios, natural de Curitiba (PR), residente há 2 anos em Somerville (MA)

"O que eu faria com tanto dinheiro? Bem, primeiro pararia de trabalhar para os outros. Eu voltaria para o Brasil, compraria uma casa de frente para praia, um carrão do ano, um barco lindo, uma casa na serra e montaria minha própria empresa. Ajudaria minha família, daria U$ 1 milhão para cada um, ou seja, gastaria uns U$ 15 milhões e, depois, ia curtir a vida como eu nunca fiz e como eu mereço, afinal também sou filha de Deus"

Júlio Czamarka, natural do Rio de Janeiro (RJ), residente em Arlington (MA)

"Não investiria mais na bolsa de valores, não atuaria mais como advogado. Iria curtir a vida com meu filho, ele sim, é meu tesouro. Compraria uma casa nas Bahamas, um castelo para passar férias na França e buscaria o grande amor da minha vida que mora longe de mim, tentando juntar um dinheiro para nos casarmos um dia"

Cláudia Flores, reside em Everett – MA há 7 anos

“Se eu ganhasse o prêmio, eu voltaria para o meu país, porque o meu sonho é ter contato com meus familiares. Além disso, compraria um supermercado,  e empregaria todos da minha família, além de amigos. Não ficaria nos EUA por motivo algum, só estou vivendo aqui por  causa do dinheiro”

Fonte: (da redação)