Publicado em 31/08/2011 as 12:00am

Tio de Obama é preso pelo ICE e pode ser deportado

O tio do presidente dos Estados Unidos, Onyango Obama, 67 anos, foi preso na semana passada, em Framingham ? Massachusetts, sob acusação de estar dirigindo embriagado. Ele está em um centro de detenção de Imigração e segundo as autoridades, ainda não foi

O tio do presidente dos Estados Unidos, Onyango Obama, 67 anos, foi preso na semana passada, em Framingham – Massachusetts, sob acusação de estar dirigindo embriagado. Ele está em um centro de detenção de Imigração e segundo as autoridades, ainda não foi estipulada a sua fiança.

Segundo o boletim de ocorrência policial, no momento da prisão, foi perguntado se Onyango queria fazer alguma ligação e ele disse que queria ligar para a Casa Branca.

Onyango é natural do Quênia e é meio irmão do falecido pai do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Ele se declaro inocente da acusação de dirigir embriagado e pelo que tudo indica que ele possa estar vivendo ilegalmente no pais. Não foi confirmada esta informação, mas ele foi colocado à disposição do Immigration and Customs Enforcement – ICE.

Um porta-voz do ICE não quis comentar o assunto e a Casa Branca também não emitiu nada a respeito. O presidente referiu-se ao tio em seu livro “Dreams from my Father”.

Tia de Obama recebeu asilo no ano passado

A tia do presidente Obama, Zeituni Onyango, uma africana que vivia indocumentada nos EUA há 10 anos e já tinha recebido carta de deportação, teve asilo concedido em maio do ano passado, podendo se tornar legal no país. De acordo com agências de notícias,  os advogados de Zeituni asseguraram que sua a tia de Obama conseguiu o asilo, embora não pudessem  revelar as razões, já que o processo é confidencial.  Zeituni Onyango, 57 anos,  é natural do Quênia, e tinha apresentado uma solicitação de asilo a uma corte federal migratória de Boston, depois de ignorar uma ordem de deportação em 2004. Há dois anos, os advogados disseram que Zeituni solicitava asilo nos EUA por sua preocupação sobre a violência no Quênia, além de justificar problemas de saúde. Zeituni é meia-irmã do pai de Obama, um economista de origem queniana já falecido, e morava em uma casa no sul de Boston.

Fonte: (da redação)