Publicado em 14/09/2011 as 12:00am

Ídolo do baseball é preso por agredir esposa brasileira

O jogador, que se tornou ídolo jogando pelo Boston Red Sox, em Massachusetts, aposentou-se do Baseball em abril

O ex-jogador de baseball, Manny Ramirez foi preso na noite de segunda feira(12), na cidade de Weston, na Flórida, por envolvimento em uma briga doméstica. Segundo o boletim de ocorrência, ele teria agredido a sua esposa, a brasileira Juliana Ramirez.

Os policiais que atenderam a ocorrência relataram que a vítima afirmou que os dois brigaram, “quando Manny desferiu-lhe um tapa no rosto”. A força da pancada fez com que a brasileira batesse com a cabeça na cabeceira da cama do casal.

Juliana conta que ficou com medo da briga se agravar e por isso chamou a polícia. O ex-jogador nega ter agredido a esposa e disse que apenas a pegou pelos ombros e quando a soltou ela caiu e bateu a cabeça. Mas a brasileira apresentava uma mancha vermelha no rosto e hematomas na parte de trás da cabeça.

O jogador, que se tornou ídolo jogando pelo Boston Red Sox, em Massachusetts, aposentou-se do baseball em abril, pouco depois de assinar contrato com o Tampa Bay Rays e ser flagrado duas vezes no exame antidoping, o que lhe renderia suspensão de 100 jogos.

Os dois se conheceram na frente do Bally´s Gym, em Boston, no ano de 2000. Juliana estava trabalhando do lado de fora quando Manny a percebeu e se aproximou. Ela não sabia que se tratava de um ídolo do esporte. Desde então eles estão juntos e atualmente o casal tem três filhos.

Fonte: (avozdoimigrante.wordpress.com - Luciano Sodré)