Publicado em 19/09/2011 as 12:00am

Deval Patrick diz 'não' a pedido de Scott Brown

O governador afirmou que manterá a sua posição contrária ao programa, mesmo com a pressão causada pela tragédia em Milford e por uma carta enviada pelo senador Scott Brown

O governador Deval Patrick, durante  evento da Guarda Nacional na sexta-feira(16), que mantém a sua posição contrária ao programa Secure Communities, mesmo com a pressão pública causada por uma tragédia envolvendo um indocumentado em Milford e o apelo do senador federal, Scott Brown.

Além de se colocar novamente contra o programa, Patrick reiterou que planeja encontrar a família do americano Matthew Denice, que foi morto após um acidente causado por um indocumentado na cidade. Após a tragédia, uma série de protestos contra os imigrantes tomou conta da cidade.

Mesmo com a negativa em implementar o programa, Patrick foi requerido pelo Departamento de Segurança Interna do país, a aplicar o programa em formato mandatório até 2013.

O senador republicano pelo estado de Massachusetts, Scott Brown, enviou na semana passada, um oficio ao governado Deval Patrick, no qual ele solicitava que o Governo trabalhasse em parceria com o programa “Secure Communities”. O legislador exigiu que seu pedido fosse atendido em caráter de urgência.

Na carta, o senador relatou o que segundo ele seriam pontos importantes no programa para garantir a segurança dos cidadãos norte-americanos. Ele salientou, também, três mortes ocorridas recentemente, as quais foram provocadas por imigrantes indocumentados. “Com o Secure communitites, as pessoas que causaram as mortes seriam deportadas e não ficariam soltas nas ruas prontas para cometer outra irregularidade”, disse.

Para o senador, é fundamental que as autoridades saibam quem está vivendo ilegalmente no país e o ajudará a identificá-los. “Eu concordo com a secretária do Departamento de Segurança Interna (DHS, sigla em inglês), Janet Napolitano, quando ela diz que o programa desempenha um papel importante para manter a América segura”, fala.

Foto – arquivo

Além de se colocar novamente contra o programa, Patrick reiterou que planeja encontrar a família do americano Matthew Denice, para esclarecer que o caso não envolve a Imigração

Fonte: (da redação)