Publicado em 21/09/2011 as 12:00am

Polícia de MA investigará habilitações do AZ

124 habilitações que foram transferidas para Massachusetts já foram suspendidas

A policia intensificou as abordagens e investigações à centenas de pessoas que possuem carteira de motorista expedida pelo Arizona e a transferiram para o estado de Massachusetts. A informação foi dada pelo porta-voz da “State Police”, David Procopio, o qual ressaltou que até o momento, 124 documentos já foram suspendidos.

Ele explicou que em nenhum caso foi encontrado perigo à segurança nacional ou qualquer tipo de fraude. “O problema é que grande parte destes imigrantes encontraram barreira na língua e como o Arizona permite que os candidatos utilizem intérpretes para fazer a prova escrita, alguns optaram por conseguir o documento por lá”, disse.

O porta-voz acrescenta, ainda, que quando um policial aborda um imigrante, mesmo que ele tenha carteira válida nos Estados Unidos, “fica difícil entender como um condutor não sabe ler inglês e pode dirigir pelo nosso trânsito e suas sinalizações”. Por isso, Massachusetts proíbe que os candidatos utilizem tradutor para a prova, conforme explica ele.

Entre os imigrantes que optaram por retirar a carteira de motorista no Arizona a aprender a escrita do idioma inglês, o porta-voz cita dezenas de refugiados da Somália, Birmânia e Butão. Mohamed Abdikadir, 55 anos de idade, que reside em Lynn, é um deles, o qual participou de uma auto escola onde os instrutores falavam a sua língua e sempre recebia ajuda para interpretar as informações escritas. Como foi reprovado na prova escrita, duas vezes, ele viajou para o Arizona e com a ajuda de um tradutor, conseguiu o documento. O imigrante explica que é pai de família e precisa do carro para trabalhar e levar os filhos na escola. “Não tive outra opção”, explica.

O imigrante está entre os que tiveram as suas carteiras canceladas devido ter sido obtida no Arizona com ajuda de intérprete. Ele disse que ficou perplexo com a ação de Massachusetts contra ele. Para obter uma licença para dirigir em Massachusetts, o candidato deve primeiro passar por um teste escrito, depois paga as taxas e cumpre todas as demais exigências. É proibido pelo estado a presença de tradutores durante as provas escritas, mas as provas escritas são distribuídas em 26 idiomas.

Rachel Karprielian, chefe da Secretaria Estadual de Veículos Automotores, disse que os refugiados infringiram a lei ao irem para o Arizona, obter o documento e depois transferi-lo para Massachusetts. “Eles poderiam ter procurado outro tipo de ajuda para fazer os testes”, ressalta.

Ela fala que o Estado suspendeu as licenças por 60 dias e os imigrantes terão que pagar uma taxa de $100,00 e fazer um teste de autorização e de estrada para reativar o documento. Algumas pessoas salientam que apesar do estado oferecer provas em várias línguas, ainda faltam muitas para serem incorporadas na lista.

Fonte: (avozdoimigrante.wordpress.com - Luciano Sodré)