Publicado em 7/10/2011 as 12:00am

Napolitano coloca Patrick 'contra a parede' em MA

Em encontro nessa semana, Janet Napolitano afirmou que o Secure Communities 'é a melhor ferramenta para deter imigrantes criminosos já criada no país'

Após três xerifes de Massachusetts iniciarem uma campanha para convencer o governador Deval Patrick a implementar o programa Secure Communities, a pressão agora veio do alto escalão da Secretaria de Segurança Pública do país( DHS em inglês), com a secretária Janet Napolitano clamando para que Patrick aplique a medida em âmbito estadual.

Em encontro nessa semana, Napolitano afirmou que o Secure Communities é ‘ a melhor ferramenta para focar na detenção de imigrantes criminosos já criada no país’, disse ela na quarta-feira(06).

Ela afirmou que discorda dos opositores da medida, como Patrick, e que ‘os argumentos contrários são infundados e fora da realidade’. “ Faz mais sentido para o país que a gente remova prioritariamente aqueles imigrantes que são acusados de um crime, ou procurados em seu país de origem, do que aqueles que estão no país para contribuir e tem raízes fortes com a nação” afirmou Napolitano. “ Os (governadores) opositores devem repensar suas decisões e implementar o programa o quanto antes” clamou a secretária.

Na semana passada, três xerifes republicanos, Joseph McDonald, de Plymouth, Lewis Evangelidis, de Worcester, e Thomas Hodgson, de Bristol, disseram que Patrick transformou Massachusetts em um ‘imã’ para imigrantes indocumentados.

Em junho, a comunidade brasileira de Massachusetts foi pega de surpresa, com o anúncio do  governo do governador em não assinar a expansão do programa, que daria poderes de Imigração para policiais locais e estaduais.

Em meio à toda a polêmica que envolve o projeto, em especial às estatísticas dos programas piloto, que revelam que mais da metade dos deportados sob a aplicação da iniciativa, não tinham cometido nenhum ‘crime-violento’, o projeto reuniu apoiadores e críticos ao longo de todo o país.

A controvérsia resultou em várias desistências de apoiar o projeto, como ocorreu recentemente com Illinois e New York. Massachusetts adentra  o grupo dos estados que não apóiam a medida, e segundo carta enviada pela Secretária de Segurança de Massachusetts, Mary E.Hefferman, a decisão de não assinar o projeto se deve à preocupação em não criar uma ambiente de hostilidade e medo entre a comunidade imigrante, a polícia e os cidadãos norte-americanos. “ Eu e o governador questionamos que o nosso estado deve tomar a posição de agir com poderes de Imigração. Estamos ainda mais céticos com relação ao impacto que o programa pode ter nos residentes do estado” afirma Hefferman, em comunicado à imprensa.

A questão imigratória voltou a ganhar as manchetes dos jornais  de Massachusetts após dois crimes bárbaros envolvendo brasileiros, ocorrem em Brighton e Marshfield, em menos de  uma semana.

Fonte: (Da redação)