Publicado em 10/10/2011 as 12:00am

3 brasileiros estão na lista dos mais procurados do FBI

procurados

O Federal Bureau of Investigation – FBI divulgou uma lista com os nomes das pessoas mais procuradas, na semana passada, e três brasileiros estão nela. O valor da recompensa por pistas de alguns criminosos chega a US$1 milhão. Entre os nomes, estão acusados de terrorismo e assassinatos, além de pessoas desaparecidas e sequestradas.

O empresário Luis Ferreira, 44 anos, foi condenado em abril deste ano a 33 meses de prisão pela acusação de adulterar testemunho e envolvimento em um esquema fraudulento de investimentos, o que lesou várias pessoas na Flórida. Após a condenação, o brasileiro foi colocado em liberdade sob a promessa de que se apresentaria a Justiça até o dia 29 de agosto para cumprir a pena, o que não aconteceu. Os agentes federais acreditam que ele está no Brasil desde maio.

O outro brasileiro que está nesta lista é Bruce Sholtz Macedo, 33 anos, é procurado pela suspeita de ter envolvimento na morte de duas pessoas, em um acidente de trânsito, em setembro de 2008, na cidade de Boca Raton, também na Flórida. Os investigadores afirmam que no momento do acidente, ele estava embriagado e as vitimas estavam no veículo que ele dirigia.

Segundo os registros de ocorrência, Bruce foi preso, mas liberado mediante pagamento de fiança. No ano de 2009 ele violou os termos de sua liberdade condicional e em 2010 foi emitida uma ordem de prisão federal, devido ele ter utilizado um voo ilegalmente para fugir possivelmente para o Brasil. Bruce nasceu na Austrália, mas foi criado e naturalizado no Brasil.

O terceiro nome desta lista de procurados é o de Carla Vicentini, que está desaparecida desde fevereiro de 2006. Ela morava em Newark – New Jersey e na época do seu desaparecimento, tinha 22 anos de idade. Desde então uma busca intensa foi promovida por órgãos norte-americanos em parceria com organizações brasileiras, mas sem sucesso.

Fonte: (Luciano Sodré)

Top News