Publicado em 26/10/2011 as 12:00am

Comunidade promove curso de orientação de jovens

Aconteceu no último fim de semana, na Paróquia Santo Antônio em Somerville, o PJ COR 2011 - Curso de Orientação Religiosa promovido pela Pastoral da Juventude do Apostolado Brasileiro. "Jovens Sarados" foi o tema do encontro que procurou possibilitar ca

Aconteceu no último fim de semana, na Paróquia Santo Antônio em Somerville, o PJ COR 2011 - Curso de Orientação Religiosa promovido pela Pastoral da Juventude do Apostolado Brasileiro.
"Jovens Sarados" foi o tema do encontro que procurou possibilitar cada jovem viver uma experiência do sarar-se de todas as feridas físicas, psíquicas e espirituais.

Rudney Novaes do Seminário São João da Arquidiocese de Boston foi convidado para falar sobre vocação. "É uma alegria para mim todas as vezes que recebo o convite para conduzir uma pregação seja para a Pastoral da Juventude, grupo de oração ou outro movimento da igreja. Estar em contato com meu povo aqui na América proporciona uma renovação em meu espírito e se torna um estímulo para a minha caminhada. Quando falava aos jovens neste encontro quis mostrar que vocação e decisão podem caminhar juntas, e que a nossa felicidade deve passar pela vontade de Deus em nossas vidas. Devemos aprender a permitir que esse Deus realize os seus planos em nosso ser", afirmou o seminarista. 

Paula Ribeiro de Plymouth falou que as palestras foram muito tocantes, e que realmente elas alcançaram os corações de cada jovem fazendo-os parar para refletir. "A gente chorava a cada mensagem mais profunda que era compartilhada", comentou a jovem. "Tinha também momentos de muito alegria, principalmente durante os teatros, que eram muito engraçados e as músicas que nos faziam tirar o pé do chão para louvar o nosso Senhor Jesus", disse Paula.

Ericsson Willians T. Batista de 17 anos que veio para o encontro a convite dos seus amigos de Stoughton, falou que o retiro foi uma experiência incrível, e que ficou impressionado com o carisma das pessoas, pois teve a rara oportunidade de dividir emoções e compartilhar as suas experiências com tanta gente.

A mineira de Engenheiro Caldas Laís de Souza decidiu participar do retiro pela segunda vez, ela disse que aqui na América os jovens têm mais facilidade de praticar coisas erradas e que por isso esses encontros de orientação cristã se tornam essenciais para que a juventude caminhe com mais segurança.
 
O casal Toni e Luciana Oliveira de Allston falou sobre a importância da vida em família. Após a palestra, Toni perguntou aos jovens quem gostaria de ganhar um abraço. "Talvez por algum problema de relacionamento faz muito tempo que você não ganha um abraço do seu pai ou de sua mãe", disse o pregador. Em poucos instantes uma longa fila se formou. A cada passo que se era dado em direção àquele casal se percebia que as lágrimas em muitos já se tornavam evidentes. Além do abraço apertado, o casal fazia orações e dizia palavras de carinho, consolo e encorajamento. Foi bonito presenciar o clima de amizade que tomou conta daquele lugar, pois aqueles que se encontravam em prantos eram rapidamente rodeados e acalmados por outros jovens. Simples gestos de afetividade que se transformaram em gestos que curavam, cumprindo com o desejo inicial do encontro de que o mundo seja formado por "jovens sarados" através do amor e da soliedariedade.

Fonte: ( Por Hércules Werneck)

Top News