Publicado em 4/11/2011 as 12:00am

10° Festival de Cururu e Siriri é sucesso em Cuiabá

Milhares de pessoas se reuniram no último domingo, dia 30, no centro de exposições ACRIMAT em Cuiabá, para a festa de encerramento do 10 Festival de Cururu e Siriri do Mato Grosso

Por Claudia Carmo

Milhares de pessoas se reuniram no último domingo, dia 30, no centro de exposições ACRIMAT em Cuiabá, para a festa de encerramento do 10 Festival de Cururu e Siriri do Mato Grosso. E o jornal Brazilian Times fez a cobertura exclusiva para a comunidade brasileira nos EUA.

As apresentações dos grupos com as dançarinas girando suas saias coloridas e as tradicionais violas de choco fizeram o espetáculo. De acordo com a comissão organizadora, cerca 40 mil pessoas prestigiaram os quatro dias de evento. 33  grupos de Cururu e Siriri se apresentaram no festival, que envolve sete mil pessoas de forma direta e outras oito mil de forma indireta, de acordo com a presidente da Federação Mato-Grossense de Siriri e Cururu, Tezezinha Quilombola.

O Governador do Mato Grosso, Silval Barbosa, participou do evento no domingo e entregou uma viola de cocho, como homenagem,  ao grupo fundador do Festival de Cururu e Siriri.  Silval foi o primeiro Governador a ir prestigiar o Festival e falou com exclusividade ao BT sobre a importância em manter as tradições e divulgar a cultura do Estado para os brasileiros que vivem nos EUA.  “O Cururu e Siriri á a cultura que mantém nossas tradições há centenas de anos. O festival é a forma que temos de fortalecer e manter essa cultura de geração para geração. Hoje nós temos brasileiros no mundo inteiro. Nos EUA é muito interessante a população de brasileiros que vivem lá. É importante nós mostrarmos para eles e também para os americanos a nossa cultura, a nossa beleza e como nós produzimos em Mato Grosso. Mostrar como queremos preservar a cultura com responsabilidade e socioeconômica ambiental também. A sustentabilidade com responsabilidade ambiental é tudo para nós. Por isso queremos mostrar nossa beleza, os três ecossistemas, o Pantanal, o Cerrado e a Floresta, para que o mundo possa conhecer” ressalta.

A organizadora Lauristela Guimarães, foi uma das responsáveis para fazer a comemoração da 10ª edição do Festival. Junto com a sua equipe a Federação, o Governo  e parceiros conseguiu levantar recursos para fazer acontecer o festival, que nos anos anteriores é realizado no mês de Agosto.. “Eu como Cuiabana, procuro fazer o melhor trabalho para manter a nossa cultura viva”,diz.

O evento também contou com a presença do ator Eriberto Leão, que se encantou com a música, o estilo e a criatividade das coreografias dos grupos, além do sub-secretário de cultura do Mato Grosso Ocemário Daltro e outras autoridades. Com o tema “Entre Fitas e Chitas  as apresentações eram iniciadas com a homenagem ao Santo do grupo com encenações teatrais criativas e  emocionantes.

Para saber mais sobre o festival é so acessar www.10festivalcururusiriri.wordpress.com

Fonte: (da redação)