Publicado em 7/11/2011 as 12:00am

Governo de VT lança política que protege indocumentados

O chefe do executivo ressaltou que as questões sobre imigração devem ser executadas por órgãos e agentes federais e que não cabe ao estado e seus policiais atuar nesta área

O governador de Vermont, Peter Shumlin, fez um discurso favorável aos imigrantes que vivem em seu estado, mesmo que estejam ilegalmente. Ele disse que a polícia estadual não deve abordar as pessoas apenas por suspeitar que elas estejam vivendo no país sem autorização.

O chefe do executivo ressaltou um caso que aconteceu em setembro, quando um polícia do Estado realizou uma blitz rotineira e perguntava o “status” imigratório dos passageiros dos carros abordados. “Esta atitude resultou na prisão e entrega de um imigrante para a imigração”, fala.

O governador fala, ainda, a atitude provocou uma onda de revolta em todo o estado e vários grupos pró-imigrantes realizaram manifestos para protestar. Em uma nota, o gabinete do Governador disse que o policial não fez nada errado, “mas ainda existe uma sombra sobre as políticas que regem a imigração no país”.

Shumlin disse que é por isso está tomando a medida de proibir os policiais de interrogarem as pessoas quanto ao seu status de imigração. “Os produtores agrícolas de Vermont não podem viver sem trabalhadores e sabemos que a grande maioria são imigrantes que vivem ilegalmente em nosso país”, fala salientando que “é preciso manter a agricultura como uma das forças da economia estadual”.

Ele ressaltou que as questões sobre imigração devem ser executadas por órgãos e agentes federais e não cabe ao estado e seus policiais atuar nesta área. “Esta nova política estabelece que os policiais estaduais não devem tentar identificar o status migratório das pessoas pelo simples fato de desconfiar que elas estão ilegalmente no país”, conclui.

Fonte: (Luciano Sodré - avozdoimigrante.com)