Publicado em 16/11/2011 as 12:00am

GMB realiza campanha para libertar brasileiro

O trabalhador Adinan Antônio de Oliveira, está preso há um mês e sua fiança está estipulada em $4,500

Sempre atuando em campanhas de ajuda a imigrantes brasileiros nos EUA, e após o sucesso da arrecadação de dinheiro para a libertação de um trabalhador brasileiro e sua mãe em 2006, e na conquista de asilo político para um transexual brasileiro em 2009, o Grupo Mulher Brasileira se envolve para a resolução de outro drama envolvendo a comunidade.

O trabalhador Adinan Antônio de Oliveira, que frequentava a clínica de direitos dos trabalhadores da GMB,  está detido pelo ICE desde o dia 4 de Outubro.  Dois meses antes, no dia 3 de Agosto, Adinan visitou a sede da entidade, para reclamar que a empresa Green Life Services Inc, não lhe teria pago o que devia de salários.

Outras entidades parceiras, como a Justice At Work, Centro do Imigrante Brasileiro, o Consulado-Geral de Boston, o Centro-Presente, Metro West Workers' Center, a  MIRA Coalition, e o Greater Boston Legal Services, também tem se envolvido no caso envolvendo Adinan e outros empregados da Green Life Services, muitos dos quais estão com medo de denunciar a empresa, com medo de serem retaliados pelo empregador.

O escritório do Procurador-Geral do estado está investigando as reclamações de vários trabalhadores da companhia.  Caso Adinan consiga pagar a fiança e se liberte, o caso ganhará mais força, servindo de mensagem para que os outros trabalhadores se manifestem e lutem por seus direitos contra o abuso aos imigrantes brasileiros.

A equipe de reportagem do Brazilian Times contatou advogado de defesa de Adinan, Sthuyler Pisha, mas ele não pode fornecer mais informações acerca do caso.  A Green Life Services não foi contatada até o fechamento dessa edição. 

A fiança de Adinan está estipulada em $4,500. Para aqueles que gostariam de contribuir, envie um cheque para o Grupo Mulher Brasileira  -  569 Cambridge Street in Allston, MA 02134. Escrever Adinan no documento. Para contatar o GMB, ligar 617-787-0557 ext 15 ou pelo  email mulherbrasileira@verdeamarelo.org.

Fonte: (da redação)