Publicado em 21/11/2011 as 12:00am

Brasileiro foragido há 4 anos é preso por espancamento

Paulo C. DeOliveira, de 47 anos, é acusado de espancar o seu 'roomate' em Ashland ? MA, há 4 anos. Foragido da polícia desde então, ele foi preso na última semana

Um brasileiro que estava foragido há 4 anos sob acusação de espancar o seu  ‘roomate’  em Ashland – MA, foi finalmente detido pela polícia da cidade, após ele ser parado por uma infração de trânsito na última semana.

Paulo C. DeOliveira, de 47 anos, estava com um mandado de prisão expedido pela Corte distrital de Framingham desde agosto de 2007. De acordo com o relatório policial da época do incidente, as autoridades chegaram ao apartamento situado na Cordaville Road, no dia 8 de julho de 2007, onde encontraram um homem estirado no chão com o nariz sangrando bastante e ambos os olhos bem roxos, bem como com o corpo machucado.

Segundo os policiais, tudo começou com uma briga envolvendo a vaga na garagem do prédio onde residiam os dois. “Ele afirmou que pediu ao seu ‘roomate’(De Oliveira), para mover o seu carro para que ele pudesse estacionar o seu veículo. Paulo então ficou furioso com o pedido e começou a socar a vítima repetidamente” afirma o boletim de ocorrência.

O homem caiu no chão e Paulo teria continuado a agredi-lo, com chutes no rosto e no peito, antes de fugir do local, segundo o portal Wicked Local.

O Departamento de Polícia de Ashland procurou pelo brasileiro na noite do incidente, mas não conseguiu encontrá-lo. Porém, foi expedido um mandado de comparecimento à Côrte, mas o acusado nunca apareceu nos dias agendados, sendo então expedido o mandado de prisão do brasileiro.

Paulo , que agora residia em um conjunto de prédios de Framingham – MA, foi acusado de agressão corporal com arma perigosa, e agora também responderá por não ter comparecido à Corte para justificar o episódio. Ele foi preso no fim da tarde de quinta-feira(17), quando a polícia o parou por uma infração de trânsito.

Oficias também descobriram que Paulo tinha um mandado de prisão do Immigration and Customs Enforcement - ICE, por estar ilegalmente no país. Durante uma audiência prévia na sexta-feira(18), foi definido que o brasileiro ficasse preso sob fiança. O juiz Robert Greco colocou o brasileiro sob custódia do ICE, enquanto aguarda julgamento sobre as acusações criminais.

No dia 15 de Janeiro, o brasileiro volta à Corte para mais uma audiência.

Fonte: (da redação)