Publicado em 23/11/2011 as 12:00am

Governador de MA assina lei Anti-Tráfico Humano

A lei dará um melhor suporte a milhares de imigrantes que sofreram abusos

O governador de Massachusetts assinou nessa segunda-feira(21), a lei anti-tráfico humano, que atualiza a atual legislação do estado com relação ao tema.

Segundo Patrick, a promulgação da medida levou mais tempo do que se esperava, mas finalmente foi oficializada, trabalhando de forma mais efetiva no combate ao problema.

Por seis anos, legisladores como o senador Mark Montigny (D-New Bedford) e entidades sem fins lucrativos, como a Massachusetts Immigrant and Refugee Advocacy Coalition (MIRA), vem trabalhando para acabar com o problema do tráfico humano internacional, que na maioria das vezes atua com o viés sexual. Quando o processo de apresentação da proposta começou, Massachusetts foi um dos primeiros estados a atuar no assunto. Após tanto de inação, o estado é o 47° a adotar a medida

A lei atuará reforçando projetos de combate ao tráfico, e também otimizando os programas de proteção de vítimas. “Essa lei traz novos padrões para o país. O tráfico humano é como escravizar outro ser humano, e essa lei vai colocar essas pessoas na cadeia, mas também atuando na proteção das vítimas” afirmou o senador Mark Montigny.                                                                                                                                    

A Procuradora-Geral do Estado, Martha Coakley, também aplaudiu a assinatura da medida. “A parceria entre o governo e o setor sem fins lucrativos foi fundamental nessa conquista” afirmou ela, em comunicado oficial enviado à imprensa.

Entre as medidas de proteção às vítimas, estão a implementação de um fundo especial para ajudá-las no processo de reabilitação e um programa mais eficaz para lidar com as barreiras diplomáticas internacionais. “ Muitas vítimas são jovens imigrantes com um longo histórico de abuso” afirmou Eva Millona, diretora-executiva da MIRA.

Fonte: (da redação)