Publicado em 4/01/2012 as 12:00am

Acusado de matar brasileira com 33 facadas vai a julgamento

A Corte de Antônio Marcos Ferreira, acusado de assassinar com 33 facadas a dançarina Sheila Carla Dos Santos no dia 2 de Setembro de 2009,

A Corte de Antônio Marcos Ferreira, acusado de assassinar com 33 facadas a dançarina Sheila Carla Dos Santos no dia 2 de Setembro de 2009, em Everett – MA, foi finalmente marcada para a próxima segunda-feira, dia 9 de Janeiro, após mais de dois anos da tragédia ter ocorrido.

A audiência ocorrerá na Middlesex Superior Court, em Woburn – MA, e segundo a irmã de Sheila, Ana Paula dos Santos, os advogados acreditam que ele possa ser condenado à prisão perpétua. “Durante esse período de espera pelo julgamento dele, fiquei sabendo que ele já tinha tentado matar outra namorada antes da Sheila aqui nos EUA, mas ela conseguiu fugir para o Brasil antes que fosse assassinada” confidenciou Ana Paula, que afirma ainda sofrer muito com a perda da irmã.

Autópsia revelou crueldade do crime

Durante a autópsia do corpo de Sheila, foi verificada a presença de diversas marcas nas mãos e braços da jovem, o que poderia confirmar a tese de que ela tentou resistir ao ataque do assassino. Foram também encontrados resíduos de pele dentro da unha da rondoniense, que estão sendo analisados e verificados para confirmar se eles seriam ou não de Antônio Marcos. São detalhes que podem decidir e avançar na conclusão do caso. “A perícia analisou ‘esses pedaços de pele’ na unha da minha irmã e vão fazer testes de DNA, entre outros procedimentos. São fatores que serão levados em consideração no julgamento.” falou ao BT, com exclusividade.  

Sobre o ressentimento com relação ao acusado, Ana Paula faz questão de ressaltar que espera que ele pague pelo que cometeu. “ Tudo que queremos é isso. Os advogados esperam que ele pegue prisão perpétua, pois foi crime extremamente brutal. Não tenho nenhum sentimento com relação a ele, eu só queria minha irmã de volta” relata com tristeza, confidenciando que a família também ainda não superou a perda da ente. “ Meu pai não se alimenta mais direito, minha mãe ainda está em estado de choque. Estamos tentando passar por cima disso, mas está muito difícil” desabafa.  

 Relembre o caso

Na madrugada do dia 02 de Setembro de 2009, a rondoniense Sheila Carla dos Santos foi encontrada morta no estacionamento de seu prédio, situado no número 154 da Main St. de Everett – MA.

Flagrado pelo síndico do local por volta das 4:30 am, o corpo da brasileira apresentava, marcas de facadas e vestígios que evidenciam uma tragédia de imensa brutalidade. A brasileira, que na época do crime vivia há 3 anos nos EUA,  trabalhava como dançarina em um clube noturno em Stoughton – MA, mas era mais conhecida por ter trabalhado no polêmico King Arthur’s Lounge em Chelsea –MA.

Fonte: (da redação)

Top News