Publicado em 31/01/2012 as 12:00am

Brasileiro pode pegar pena de morte por assassinar ex-namorada

O crime aconteceu em dezembro de 2006 e o julgamento começou nesta semana

Começou nesta semana, o julgamento do brasileiro Alfredo Oliveira, 40 anos, que responde a um processo pela acusação de assassinar (em primeiro grau), a facadas, a ex-namorada Jackline de Melo, 17 anos. O crime aconteceu na cidade de Deerfield Beach, na Flórida, em dezembro de 2006 e somente agora o julgamento começou.

O assassinato, segundo informações de familiares da vítima, teria ocorrido após uma crise de ciúmes do brasileiro, o qual não conseguia aceitar a separação.  Uma semana após o assassinato, o brasileiro foi preso.

A testemunha principal do caso também é brasileira. Fabiana Covar, amiga da vítima, afirma que Alfredo ligou para ela após o crime e confessou que matou a namorada. “Eu não acreditei, pois a princípio parecia que ele não estava falando a verdade”, fala salientando que uma amiga a alertou para o fato de que ele poderia estar falando a verdade.

Fabiana relatou ainda, em seu depoimento, que o brasileiro afirmou que só parou esfaquear Jackline porque o braço estava doendo.  Segundo ela, existe outra testemunha chave, a qual está no Brasil aguardando liberação de visto para ajudar no julgamento.

Apesar de ainda não ter sido revelado a pena que a promotoria pedirá para o acusado, o brasileiro poderá pegar pena de morte – punição ainda aceita na Flórida. Isso porque neste estado eles adotam crimes em primeiro grau como razão para condenar alguém à morte.

 

Fonte: (texto: Luciano Sodré)