Publicado em 13/02/2012 as 12:00am

Solidariedade levanta US$50 mil para família brasileira

O valor será usado para custear os serviços fúnebres e o translado do corpo dos cinco mortos ao Brasil

Através de uma demonstração de amor e apoio, membros da comunidade Sprayberry e de todos os Estados Unidos conseguiram levantar mais de US$ 50 mil para ajudar nos custos do funeral da família Carmo, morta em um trágico acidente de trânsito, em Gainsville, na Flórida, no dia 29 de janeiro.

O dinheiro levantado por amigos e pessoas que sensibilizaram com o ocorrido custeará os serviços fúnebres do pastor evangélico José do Carmo, sua esposa Adriana do Carmo, a filha de 17 anos de idade, Letícia do Carmo, o irmão Edson do Carmo e a cunhada Rosie Fagundes. Todos natural de Goiás e membros da igreja Internacional da Restauração, localizada em Cobb County, na Georgia.

O velório acontecerá nesta segunda-feira (13) na Primeira Igreja Metodista Unida, em Marietta, na Georgia e as portas do local estarão abertas ao público. O local é 56 da Whitlock Avenue e a hora prevista para iniciar os trabalhos fúnebres será às 13 horas.

Bobby Curtis, um pastor da Igreja da Restauração, disse que muitas pessoas se mobilizaram para ajudar no processo do envio dos corpos para a Georgia e preparação o translado ao Brasil. Ele ressaltou que o enterro acontecerá em Goiás, na próxima semana. “Eu não sabia que existia tanta burocracia para enviar um corpo ao Brasil. Foram muitas pressões ao lidar com o Consulado Brasileiro, casas funerárias, a preparação dos corpos e aeroportos”, salientou.

Cinco membros da igreja irão acompanhar os corpos para o Brasil, na terça-feira (14), onde receberão as últimas homenagens e serão sepultados. A filha do casal, Lidiane do Carmo, que sobreviveu ao acidente, ainda continua internada no Shands na University of Florida, em Gainesville. “Mas ela está melhorando a cada dia”, disse o pastor Bobby que acrescentou que os médicos e enfermeiros estão entrando constantemente no quarto da brasileira, fazendo-a sentar-se e movimentar-se. “Ela permanecerá internada por mais quatro semanas”, segundo ele.

Desde o acidente, em todo o país se viu uma grande movimentação de solidariedade e vários “fundraisers” foram criados e doações chegaram de toda parte. “Somente com o carinho do povo norte-americano e membros da comunidade brasileira é que foi possível levantar o valor para custear as despesas”, finalizou o pastor Bobby.

Outra participação importante foi a ajuda do governador da Flórida, Rick Scott, que ajudou ao reduzir os custos do preparativo para o funeral a quase zero. Os estudantes da Sprayberry High School conseguiram levantar uma quantia de US$6 mil, confeccionando camisetas, vendendo pulseiras, entre outras atividades. O diretor-assistente, Tim Crunk, disse que em seus três anos na escola nunca tinha visto tamanha demonstração de solidariedade. “Esse carinho e a preocupação que os alunos demonstraram foram muito emocionantes”, explica.

Na tarde de sexta-feira (10), os estudantes realizaram uma caminhada, ostentando as camisetas que eram vendidas por onde eles passavam, as quais traziam a frase: “Stay Strong Lidiane” (Fique forte Lidiane).

Outra demonstração de apoio aconteceu no Chick-Fil-A Restaurant, onde foi realizado um “fundraiser”, que segundo a diretora de marketing, Tracey Pitts, quebrou o recorde de 20 anos, levantando a quantia de US$4,820.75 em doações. “Tivemos uma participação surpreendente”, disse ela ressaltando que “foi um evento fantástico e todos fizeram parte de uma ação maravilhosa”.

Fonte: (Texto por Luciano Sodré)