Publicado em 13/03/2012 as 12:00am

Brasileiro participa de marcha que durará oito meses

Brasileiro participa de marcha que durará oito meses

Lucas da Silva é um estudante indocumentado e pretende promover a inclusão do Dream Act nos debates entre os candidatos a presidente dos EUA

O estudante brasileiro Lucas da Silva, 23 anos, poderá se tornar um dos protagonistas na luta pela aprovação do Dream Act nos Estados Unidos. Ele, que é estudante indocumentado, inicio ao lado de mais dois estudantes, uma marcha que poderá durar oito meses. A ideia é buscar a atenção e sensibilizar as autoridades deste país.

Os estudantes, que conta com um quarto integrante, Raymi Guitierrez (nascido em Utah), caminharão por 3 mil milhas (cerca de 5 mil quilômetros) e esta marcha tem sido notícia na imprensa de diversos idiomas. O trio iniciou a marcha no sábado (10), de São Francisco na Califórnia, com o objetivo chegar ao National Mall, em Washington DC.

Lucas explica que a ideia principal é promover uma discussão mais profunda entre os políticos sobre o assunto. “Esperamos que nossa marcha resulte na inclusão do Dream Act nos debates entre os candidatos a presidente do país”, acrescenta.

Parte dos custos da marcha será pago por uma organização de fazendeiros da Flórida e apoio do Vale do Silício, na Califórnia.

Fonte: (Texto por Luciano Sodré)