Publicado em 23/03/2012 as 12:00am

Campanha para enviar o corpo para o Brasil

Larissa deixou um belo trabalho jornalístico, sempre feito em parceria com a comunidade, principalmente as enquetes, onde ela se preocupava com a opinião de cada entrevistado

Como é o amigo mais próximo, o jornalista Beto Moraes está encabeçando uma campanha para tentar arrecadar fundos que custeiem as despesas do translado do corpo ao Brasil, onde moram os familiares de Larissa.

Segundo ele, o trabalho de envio mais as despesas funerárias ficará em torno de US$10 mil (pouco mais de R$ 18 mil).

“Algumas empresas funerárias me procuraram para levar o corpo por uma quantia bem mais barata e algumas cobraram apenas de US$4 mil, mas o Consulado-Geral do Brasil em Boston me alertou que é preciso abrir o olho, pois algumas destas empresas não cumprem o combinado”, fala salientando que normalmente quem cobra mais barato leva o corpo até New York e lá é preciso fazer outros trâmites, pagar novas taxas, tornando o serviço mais caro.

Para levantar o dinheiro, Beto estará procurando o Bank of America, nesta sexta-feira (23), para abrir uma conta

em nome da campanha. Desta forma as pessoas poderão depositar qualquer quantia para ajudar. Também está em

estudos, a possibilidade de colocar caixinhas nos comércios brasileiros, já que Larissa era muito conhecida na comunidade pelo belo trabalho que vinha desenvolvendo como jornalista.

O telefone para contato é: (978) 201-6731.

Doações poderam ser feita para: Bank of America 004633816667


Fonte: (Texto por Luciano Sodré)