Publicado em 26/04/2012 as 12:00am

Cape Cod recebe Consulado Itinerante

Cape Cod recebe Consulado Itinerante

O consulado Geral do Brasil em Boston prestou serviço itinerante na comunidade brasileira do Cape Cod, no último sábado, dia 21 de abril, no Community Action Committee, na cidade de Hyannis, com a participação de cerca de 300 pessoas.

Foram 123 passaportes, 26 procurações, 25 registros entre nascimentos e casamentos, 21 títulos de eleitor, 4 entregas de títulos e 9 autorizações de viagem para menor, chegando a uma soma aproximada de 213 documentos. Com senha e horário fracionado, o atendimento correu tranquilamente, sem nenhum tumulto inicial de pessoas. Segundo a opinião dos funcionários do consulado, o fluxo de pessoas foi constante e organizado.

A responsável pelo itinerante, Carol Castillo, pela primeira vez em Hyannis, aprovou a organização local: “De forma geral, o atendimento consular ocorreu de forma tranquila, sem muitos problemas.” Mas reconheceu que os brasileiros continuam chegando no itinerante sem estar completos os pré-requesitos para o processamento dos documentos: “O único problema a gente sabe os documentos... tem sempre aquele que chega com a documentação incompleta, como não comprar previamente money order, nos correios, para pagamento dos serviços, e aí reclamam por não terem sido atendidos.”

Trazer os documentos certos e de forma completa para o atendimento consular ajuda no processamento efetivo do documento requerido, como nos casos de money order, para o pagamento dos documentos requeridos e o envelope pré-pago, para o caso de documentos que não precisam de assinatura posterior e podem ser enviados pelo correio.

A organizadora do evento Branca Neves esclareceu que as informações sobre as diretrizes preparatórias para cada tipo de documentação está disponível no web site oficial do consulado, também nos cartazes e todo mundo que procurou a organização local, para o agendamento do horário de atendimento, receberam estas informações: “Por mais que nós responsávies tentamos divulgar as informações sobre a visita e atendimento consular, existe um pouco de falta de atenção.” E continua: “O consulado tem a boa vontade de vir aqui prestar serviço para a comunidade, para evitar o transtorno de viajar até Boston, então eu peço mais atenção da comunidade brasileira, ao site do consulado e aos cartazes locais com aviso sobre os próximos itinerantes.”

Entre os que estavam com a documentação completa e puderam receber o atendimento consular, a brasileira Rosiane, levou o filho americano Samuel, de 07 meses para registrar sua certidão de nascimento brasileira, segundo ela, como uma prova de que Samuel tamém é brasileiro: “A importância desse registro é porque ele também é brasileiro, mesmo tendo nascido aqui, porque nós amamos a nossa cultura e ele tem que estar inserido nela tamém. Considero essa certidão como uma prova de que ele é brasileiro!”

Em outro atendimento, Fátima fez autorização de viagem para a filha america, Sara e transferiu o seu título de eleitor do Brasil para Boston. Com apenas 9 anos, Sara vai sozinha de avião para o Brasil em junho e em agosto a mãe vai buscá-la, mas para a volta da criança aos Estados Unidos é exigido uma autorização de viagem, mesmo que a criança esteja acompanhada de um dos pais.

Sara já está acostumada com o trânsito entre Brasil e Estados Unidos, está indo ao encontro do irmão Átila, de 20 anos: Eu gosto de ver minha família... irmão e meus primos e primas! Fátima também aproveitou a ocasião para transferir o seu título eleitoral: “Eu quero estar atualizada com o serviço eleitoral. Eu fui no Brasil no ano passado, depois de 12 anos, paguei minhas multas, por uma questão de cidadania!”.

Perguntada sobre a importância do voto, mesmo à distância para o governo brasileiro, ela afirmou: “Eu não posso pensar que sou uma gotinha, mas que uma gotinha faz diferença num copo de água para transbordar... então como se eu fosse uma gota, se puder ajudar a escolher bons políticos para lá... eu voto aqui!

No dia 3 de Maio, quinta-feira, a entrega de documentos será feita de 12 às 14 horas, para a entraga de documentos que requerem assinatura, como registros de certidão de nascimento e casamento, os outros serão entregues pelo correio.

Fonte: (da redação)