Publicado em 11/05/2012 as 12:00am

Trustee libera BR Courier para fazer devoluções de todas as caixas nos EUA

Devido ao pedido de falência da BR Courier, na quarta-feira da semana passada, a Corte dos EUA deu posse da empresa para um "Trustee" que agora é novo dono

Devido ao pedido de falência da BR Courier, na quarta-feira da semana passada, a Corte dos EUA deu posse da empresa para um "Trustee" que agora é novo dono

Depois que a Brasil, BR Courier, entrou com o pedido de falência, na quarta-feira (02), em New Jersey, as autoridades dos Estados Unidos indicaram uma pessoa de confiança para assumir a direção da empresa, a qual recebe o título de "Trustee", e agora é a nova proprietária.

Uma das primeiras ações do "Trustee" foi indicar o próprio funcionário da empresa, Edson Malanski, para coordenar o processo de devolução das caixas que se encontram em galpões da BR Courier, nos Estados Unidos.

Ele esteve na redação do jornal Brazilian Times para explicar o mau entendido ocorrido na terça-feira (08), quando um tumulto aconteceu diante do galpão localizado em Malden, Massachusetts. "O local não foi lacrado e sim ficou interditado pelo "Trustee", até que se normalizasse a situação", explica.

Edson disse que as pessoas chagaram ao local e encontraram as portas abertas, mas ele afirma que todas estavam fechadas. "Eu mesmo fechei", fala levantando a hipótese de que "landlord" tenha aberto para que as pessoas entrassem. "Não posso afirmar com certeza, mas este é a explicação mais lógica", continua.

As pessoas que "invadiram" o galpão levaram 16 caixas, mas segundo Edson, as câmeras de vigilância conseguiram capturar imagens dos veículos e suas referidas placas. "Nós não sabemos se estas pessoas pegaram as caixas certas ou levaram aleatoriamente", fala.

Segundo Edson, no dia do tumulto, uma voluntária identificada por Fátima ligou para ele e contou o que estava acontecendo. Assim que o coordenador confirmou que havia pessoas entrando no galpão sem a devida autorização, decidiu acionar a polícia para garantir a segurança dos funcionários da empresa e proteção das caixas que serão entregues aos seus respectivos donos.

Edson estava há cerca de 40 minutos do local e a polícia chegou antes dele. "Eu expliquei o que estava acontecendo e a atual situação da empresa. Foi então que coloquei o Trustee no telefone para conversar com o sargento e foi ele que falou como dono da empresa e não o José Moreira, conforme foi relatado", explica.

Segundo Edson, o "Trustee" disse ao oficial que estava a 200 milhas de distância do local, mas que o seu representante estava no local. "Depois disso, ao conversar com autoridades da Corte de New Jersey, ele resolveu retomar a liberação.

Ele ressalta que têm centenas de voluntários que estão ajudando neste processo e muito em breve todas as caixas que estão nos EUA, serão devolvidas para seus respectivos donos. "A devolução foi liberada para todo o país", fala ressaltando que somente em Malden, existem ainda 2 mil caixas para serem devolvidas. "Tudo está acontecendo normalmente", continua.

Edson afirma, ainda, que o ex-proprietário José Moreira é uma das pessoas mais interessadas em que todas as caixas sejam entregues. "Inclusive até no Brasil, algumas pessoas começaram a receber suas caixas, mediante a liberação no Porto do Rio", explica ressaltando que algumas pessoas já estão recebendo suas caixas, "lento, mas estão".

As pessoas que enviaram caixas e que receberam cartas da corte, devem ficar atentas para o que está escrito, pois nelas dizem que o Trustee agora é o novo dono da empresa.

DEVOLUÇÃO

Na Flórida já foram devolvidas 50% das caixas, na California 90%, em New Jersey 90%. Apenas Massachusetts que passa por problemas devido haver um número muito grande caixas.

A intenção, segundo Edson, é que até o final de maio todas as caixas sejam devolvidas, nos Estados Unidos. "Por isso é muito importante que as pessoas procurem suas caixas", fala.

Horário de ir ao galpão:

10AM às 5PM, de segunda a domingo.

Para entrar no galpão deve ter alguma documentação: tipo passaporte, carteira etc. E também levar os recibos das caixas. O Galpão fica no 730 Eastern Avenue, em Malden (MA).

Fonte: Brazilian Times