Publicado em 23/05/2012 as 12:00am

Família ipatinguense perde o filho nos EUA

O bebê Phillip Dias, de apenas um ano e quatro meses de vida, estava sob os cuidados de uma baby sitter quando se afogou e morreu

O bebê Phillip Dias, de apenas um ano e quatro meses de vida, estava sob os cuidados de uma "baby sitter" quando se afogou e morreu

da redação

Na quarta-feira (16), uma família de Ipatinga, Minas Gerais, que vive nos Estados Unidos, vivencioum uma tragédia que abalou toda a comunidade de Coral Spring, na Flórida. Phillip Dias de Souza, filho de Eduardo e Viviane, morreu vítima de afogamento. Segundo informações, o bebê estava sob os cuidados da babá Kênia Angelim.

A família reside nos Estados Unidos há quatro anos, e saíra do bairro Bom Jardim, em Ipatinga, em busca de uma vida melhor. A babá também é mineira, mas da região de Frei Inocêncio. Além de Phillip, ela cuidada de outra criança e de seus quatro filhos.

Os investigadores ainda estão apurando as provas que levem o motivo do afogamento, mas as preliminares apontam que a babá dava banho em uma das crianças, quando o bebê abriu a porta da casa e foi em direção à um lago próximo.

A babá teria percebido a ausência do bebê e começou procurá-lo e ficou apavorada quando descobriu que ele havia se afogado no lago em frente à sua casa. Phillip era o único filho do casal e somente depois de três anos casados é que Viviane conseguiu engravidar. Ela passou por uma gravidez complicada e depois fez uma operação que a impede de ter filhos de novo.

Fonte: Brazilian Times