Publicado em 8/06/2012 as 12:00am

Brasileiros ganham milhões de dólares em Massachusetts

Em uma ação movida contra o Crowne Plaza Hotel, 150 trabalhadores saíram vitoriosos na justiça e receberão mais de US$10 mil cada um

da redação

Um grupo de trabalhadores que atuam está entrando com ações judiciais contra Crowne Plaza Hotel , cobrando salários atrasados, horas extras, entre outros. Os tribunais especializados no assunto estão apoiando a iniciativa e segundo informações, a dívida é de centenas de milhões de dólares em todo o país.

A maioria destes trabalhadores são brasileiros e estão entre os que já começaram receber os salários, pois alguns tribunais já determinaram o pagamento em suas respetivas cidades. É o caso de Berkshire, onde o proprietário foi condenado a pagar a dívida para 150 funcionários e ex-funcionários.

De acordo com a decisão deste tribunal, cada funcionário receberá em média o valor de US$10 mil (pouco mais de R$ 20 mil). Dos 150, apenas 20 receberão mais de US$10 mil. "Os trabalhadores ganharam a causa e tudo aconteceu deforma justa", cita o advogado Paul Holtzman, que representava a classe trabalhista.

Segundo o advogado, alguns dos trabalhadores recebiam de US$2,63 por hora.

Outras ações estão em andamento e algumas já foram determinadas pelos tribunais de suas respectivas áreas. No ano passado, o Cranwell Resort em Lenox teve que pagar US$7 milhões a um grupo de trabalhadores. Outra ação, em 2008, o Canyon Ranch pagou US$14,75 milhões em dívidas trabalhistas e em 2010, o Orchards Inn, em Williamstown, foi condenado a pagar US$240 mil, no ano de 2010.

O advogado disse que ficou assustado pois ainda existem trabalhadores que moram há anos nos Estados Unidos e se sujeitam a este tipo de exploração. "Quem não for tratado da forma justa, deve procurar seus direitos", conclui.

Fonte: Brazilian Times