Publicado em 9/07/2012 as 12:00am

Valadarense morre em acidente automobilístico em MA

Na semana passada, mais um acidente de trânsito tirou a vida de um brasileiro em Massachusetts. O mineiro de Governador Valadares, Laécio Magalhães, 50 anos, morreu depois que seu veículo chocou-se violentamente contra uma &aacu

Na semana passada, mais um acidente de trânsito tirou a vida de um brasileiro em Massachusetts. O mineiro de Governador Valadares, Laécio Magalhães, 50 anos, morreu depois que seu veículo chocou-se violentamente contra uma árvore, após a esquina da Rota 30 com a Willow Street, em Southborough.

Laécio trabalhava como técnico de manutenção do New England Center for the Children (NECC) e seus companheiros de trabalho o consideravam maravilhoso. "Vamos sentir muito a falta dele, pois ele era especial e todos gostavam muito do brasileiro", fala Judy Cunniff, diretora do centro.

Segundo o sargento de polícia, Timothy Slakavitz, o brasileiro teria parado em um sinal vermelho, na esquina da Rota 30 com Willow Street, por volta das 10h24. Após atravessar o cruzamento o veículo pilotado por ele, um Dodge, saiu da estrada e atingiu uma árvore. "A princípio acreditamos que ele tenha tido algum problema de saúde", fala explicando o que teria causado o acidente.

O sargento ressalta, ainda, que ao chegar ao local, encontrou o brasileiro preso nas ferragens, mas sem nenhuma escoriação pelo corpo. "Fisicamente ele parecia não ter se ferido, mas estava inconsciente", fala ressaltando que os policiais aplicaram os primeiros socorros até a chegada do corpo de bombeiros. Laécio foi levado ao MetroWest Medical Center, em Framingham, onde foi declarado morto.

Bastante emocionada, a diretora do NECC lembra que o brasileiro havia sido eleito o funcionário do mês no início de maio. Ela conta que ele mantinha uma laço forte de amizade com os outros funcionários do centro e tinha uma paixão grande por futebol. "Todos estamos muito tristes. Ele sempre estava pronto para ajudar as pessoas", fala.

Magalhães morava em Massachusetts havia 20 anos e além de seu trabalho no NECC, ele trabalhou na Unnicco Janitorial Services, em Framingham.

O velório aconteceu na sexta-feira (06), nas dependências do Fitzgerald & Collins Funeral Home, em Marlborough, e logo em seguida, o sepultamento.

@

Alguns amigos e familiares escreveram mensagens de despedida no obituário on-line da funerária:

"Lecin, tenho um enorme prazer de ser sua cunhada, uma pessoa maravilhosa, um marido e pai exemplar, um homem trabalhador, uma pessoa que estava sempre ali para ajudar qualquer pessoa sem esperar nada em troca, uma pessoa honesta, uma pessoa alegre sempre com um sorriso no rosto, você deixou muita saudades. Lecin, esteja onde estiver você vai estar sempre presente no meu coração. Que Deus de muita força para minha irmã e sobrinha nesse momento difícil", escreveu Lucimara Mendes de Almeida.

"Os nossos mais sinceros sentimentos de perda, de uma pessoa tão especial, o da qual tivemos o prazer de conhecer e conviver nos momentos tão Felizes que marcaram nossas vidas. Estamos certos de que você nesse momento esta junto do Pai, porque pessoas como você, religiosa, digna, trabalhadora, companheiro e um grande amigo e um presente que Deus recebe de braços abertos. E a nossa amiga Sandra e Laendra, gostaríamos de deixar nossas orações de conforto nesse momento tão difícil que estão vivendo", escreveram Sinval e Kelly.

"Amigo Laécio, minhas preces vão para você e sua família. Peço a Deus para que sua esposa, filha e familiares tenham força nesta hora tão difícil. Vai ser difícil esquecer você. Um companheiro honesto e um exemplo de trabalhador e cumpridor de suas obrigações. Que Deus lhe dê um bom lugar", escreveu Divino Ribeiro.

"Dai-lhe, Senhor Deus, o descanso eterno. Brilhe para ele a luz perpetua. Descanse em Paz. Saudades", escreveu Eduardo e família.

"Que Deus de forças para vocês poderem suportar essa imensa dor, eu sei que não é fácil, mas Deus vai ajudar vocês, tenho certeza!" Escreveram Vitória, Silvana, Ironi e Ingrid.

Fonte: Brazilian Times