Publicado em 13/07/2012 as 12:00am

Radialista brasileiro é preso pela Imigração

Fernando Novaes, conhecido pela expressão "alô garotinho", foi preso na madrugada desta quinta-feira (12), pela polícia de Boston

Fernando Novaes, conhecido pela expressão "alô garotinho", foi preso na madrugada desta quinta-feira (12), pela polícia de Boston

@

Luciano Sodré

@

Uma notícia, logo no início desta quinta-feira (12), pegou de surpresa a comunidade brasileira de Peabody e os funcionários do jornal Brazilian Times. O radialista Fernando Novaes foi preso por volta das 2 horas, pela polícia de Boston, em Massachusetts. Como estava com a carteira vencida, o policial foi checar as informações sobre ele. Após a sua prisão, ele foi levado para o centro de detenção para imigrantes, em Boston.

Ficou constatado que Fernando foi preso por agentes da Imigração, há oito anos, quando entrou nos Estados Unidos através da fronteira com o México. Ele recebeu uma carta para comparecer à uma audiência onde teria a sua deportação iniciada. Mas ele não fez e seu nome entrou para a lista dos procurados pelo Immigration and Custons Enforcement (ICE).

Fernando é natural de Itambacuri, em Minas Gerais, e reside nos Estados Unidos há oito anos. Ele sempre morou na cidade de Peabody, em Massachusetts, e trabalhava na área de limpeza de escritórios durante a noite e madrugada. Ele apresentava o programa "Craques da Bola", ao lado de outros brasileiros há pouco mais de um ano. O programa vai ao ar pela Radio BTTV (www.bttv.com) e AM1300.

Recentemente o apresentador havia escolhido na lista dos Notáveis, um evento que divulga e homenageia os brasileiros que se destacam em suas áreas, e Fernando vinha sendo considerado um destaque em programas esportivos. Ele estava muito feliz com o prêmio e fazia planos para o discurso de agradecimento.

Assim que souberam da prisão do radialista, alguns amigos se reuniram para levantar uma campanha e custear as despesas do advogado Ludo Gardini, que assumiu a defesa do brasileiro. Também não ficou claro se existe a possibilidade de Fernando permanecer nos EUA.

Ainda não foi definido o valor que este processo ficará, pois o advogado disse que precisa analisar o processo e ver os tipos de acusações que pesam contra Fernando. Os interessados em ajudar nesta campanha, podem entrar em contato com Ader Carreiro, através do telefone (617) 908-3340 ou Pastor Daniel, no telefone (617) 840-2630.

Os amigos de programa vão manter o programa no ar, mas nos primeiros será muito triste "fazer o Craques da Bola sem ouvir o alo garotinho". Ader Carreiro explica que existe um compromisso com os patrocinadores e eles devem cumprir esta obrigação. "Estamos muito abalados", fala ressaltando que Fernando conquistou um rol de amigos muito grande. "Temos esperança de que ele vá vencer esta.".

@

CASO RECENTE

Este não é o primeiro caso em que um radialista do programa se envolve com a Imigração. Há alguns meses, o comentarista Wanderson da Silva foi preso e deportado por estar vivendo ilegalmente no país.

Fonte: Brazilian Times