Publicado em 18/07/2012 as 12:00am

CIB protesta contra medidas anti-imigrantes

Na quinta feira, dia 12 de julho de 2012, o Centro do Imigrante Brasileiro (CIB), juntamente com o Centro Presente e outras organizações foram à State House mais uma vez se manifestar contra as alterações anti-imigrantes no Estado de Massachusetts. Mostra

da redação

Na quinta feira, dia 12 de julho de 2012, o Centro do Imigrante Brasileiro (CIB), juntamente com o Centro Presente e outras organizações foram à State House mais uma vez se manifestar contra as alterações anti-imigrantes no Estado de Massachusetts. Mostrando que a comunidade não vai se calar diante das injustiças e opressões feitas contra os imigrantes indocumentados.

Nas últimas duas semanas estávamos ansiosos aguardando a resposta do Governador Patrick quanto alterações anti-imigrantes nas disposições orçamentárias de Massachusetts. Semelhante às leis aprovadas em estados como do Arizona e da Geórgia, estas alterações levariam uma abordagem reacionária ao sistema problemático de Imigração dos EUA, criminalizando as comunidades imigrantes do estado. No domingo, 08 de julho de 2012, o governador Patrick finalmente deixou sua marca no orçamento do estado de 32.500 milhões dólares para o ano fiscal de 2013, vetando várias propostas com alterações anti-imigrantes, mas concordando com uma alteração muito prejudicial.

Enquanto o Governador Patrick vetou as alterações que obrigavam a verificação do status imigratório das pessoas ao registrarem seus carros, ele não lhes concedeu o direito de adquirir a carteira de motorista. Além disso, o Governador Patrick também aprovou uma alteração anti-imigrante que penaliza ainda mais os motoristas que forem encontrados dirigindo sem carteira, aumentando os valores das multas já existentes e uma possível pena de prisão. Isto é uma armadilha!!! Não faz absolutamente nenhum sentido, permitir que imigrantes indocumentados possam comprar e registrar seus carros sem ter uma carteira, mas penalizá-los por dirigir sem a mesma. Esta alteração vai atingir muitos dos imigrantes indocumentados em nossas comunidades que dependem de carro para chegar ao trabalho, escola e igreja. Em breve, estaremos testemunhando muitos imigrantes indocumentados que enfrentam penas maiores por dirigir sem carteira, o que terá um grande impacto em nossas imigrantes. Teria sido melhor se o Governador Patrick não concedesse o direito aos imigrantes ilegais de registrarem os seus carros, desse modo eles não teriam carro e não seriam punidos por dirigir sem carteira.

Esta alteração é uma decepção total para todos nós, especialmente depois de acreditarmos tanto nas promessas políticas do Governador Patrick. Não muito tempo atrás, ele declarou: "Deixe-me ser claro: Enquanto eu tiver algo a dizer sobre isso, não teremos uma lei semelhante a do Arizona em Massachusetts. Eu não posso ver uma coisa dessas passar pelo nosso Legislativo. Mas se isso acontecer, eu irei vetar. '' Estas foram as palavras do Governador Patrick ao prometer que nunca permitiria uma legislação que tivesse como alvo os imigrantes ilegais em nosso estado. Por outro lado, a partir de 08 de julho de 2012, ele se contradisse ao minimizar os efeitos dessa alteração, assinando-a. Ao concordar com os esforços dos Legisladores para aumentar as penas para os motoristas que forem encontrados dirigindo sem carteira, o governador Patrick está se rendendo a pressão política anti-imigrante em nosso estado, tornando nossas comunidades imigrantes ainda mais vulneráveis do que já são.

Fonte: Brazilian Times