Publicado em 10/08/2012 as 12:00am

democrata pede apoio de brasileiros

A brasileira Isabel Santos, delegada do partido Democrata, está realizando um trabalho de visitação e orientação aos brasileiros que votam nas eleições dos Estados Unidos. Ela explica que o número de eleitores cresceu muito nesta comunidade e já começa a

Luciano Sodré

A brasileira Isabel Santos, delegada do partido Democrata, está realizando um trabalho de visitação e orientação aos brasileiros que votam nas eleições dos Estados Unidos. Ela explica que o número de eleitores cresceu muito nesta comunidade e já começa a ser notada de uma forma diferente na administração de Obama. "O meu trabalho é fazer um levantamento para saber a média de votantes neste eleitorado e apresentá-lo na Convenção Nacional do partido", fala.

Isabel ressalta que a participação direta dos brasileiros nas decisões políticas do país ainda é baixa por dois motivos. Ela afirma que o primeiro é pela carência de orientação sobre como registrar, votar e incentivar outras pessoas a votarem. O segundo é pelo fato da comunidade brasileira tem uma tradição de não se envolver muito em questões políticas.

Ela faz parte do Brazilian American Democratic, que foi criado na Flórida, tem a finalidade de reunir os brasileiros que são adeptos ao Partido Democrata. "O clube está parado, pois estamos reformulando a diretoria", fala ressaltando que enquanto isso ela optou por visitar alguns estados em busca de novos parceiros.

Além de estar realizando um trabalho para promover um aumento no número de registros dos brasileiros que votam, Isabel salienta que aqueles que não são legais no país também podem participar. "Quem não vota, pode pedir aos seus amigos ou patrões para votarem nos democratas, pois é o partido que mais se assemelha aos imigrantes", afirma.

A delegada estará em Massachusetts até a próxima sexta-feira (17), e espera poder se reunir com empresários, ativistas e membros da comunidade. "Precisamos reunir o maior número de brasileiros votantes e mostrar a força da nossa comunidade e importância dos nossos votos", acrescenta.

Os brasileiros interessados em se registrarem para votar, devem ser maior de 18 anos de idade e serem cidadãos dos Estados Unidos. "Quem não souber como fazer, deve procurar um formulário em alguma biblioteca ou órgão público que disponibiliza o documento", fala. Para mais informações é só ligar para Isabel através do telefone (561) 305-9850.

A brasileira Isabel Santos, delegada do partido Democrata, está realizando um trabalho de visitação e orientação aos brasileiros que votam nas eleições dos Estados Unidos. Ela explica que o número de eleitores cresceu muito nesta comunidade e já começa a ser notada de uma forma diferente na administração de Obama. "O meu trabalho é fazer um levantamento para saber a média de votantes neste eleitorado e apresentá-lo na Convenção Nacional do partido", fala.

Isabel ressalta que a participação direta dos brasileiros nas decisões políticas do país ainda é baixa por dois motivos. Ela afirma que o primeiro é pela carência de orientação sobre como registrar, votar e incentivar outras pessoas a votarem. O segundo é pelo fato da comunidade brasileira tem uma tradição de não se envolver muito em questões políticas.

Ela faz parte do Brazilian American Democratic, que foi criado na Flórida, tem a finalidade de reunir os brasileiros que são adeptos ao Partido Democrata. "O clube está parado, pois estamos reformulando a diretoria", fala ressaltando que enquanto isso ela optou por visitar alguns estados em busca de novos parceiros.

Além de estar realizando um trabalho para promover um aumento no número de registros dos brasileiros que votam, Isabel salienta que aqueles que não são legais no país também podem participar. "Quem não vota, pode pedir aos seus amigos ou patrões para votarem nos democratas, pois é o partido que mais se assemelha aos imigrantes", afirma.

A delegada estará em Massachusetts até a próxima sexta-feira (17), e espera poder se reunir com empresários, ativistas e membros da comunidade. "Precisamos reunir o maior número de brasileiros votantes e mostrar a força da nossa comunidade e importância dos nossos votos", acrescenta.

Os brasileiros interessados em se registrarem para votar, devem ser maior de 18 anos de idade e serem cidadãos dos Estados Unidos. "Quem não souber como fazer, deve procurar um formulário em alguma biblioteca ou órgão público que disponibiliza o documento", fala. Para mais informações é só ligar para Isabel através do telefone (561) 305-9850.

A brasileira Isabel Santos, delegada do partido Democrata, está realizando um trabalho de visitação e orientação aos brasileiros que votam nas eleições dos Estados Unidos. Ela explica que o número de eleitores cresceu muito nesta comunidade e já começa a ser notada de uma forma diferente na administração de Obama. "O meu trabalho é fazer um levantamento para saber a média de votantes neste eleitorado e apresentá-lo na Convenção Nacional do partido", fala.

Isabel ressalta que a participação direta dos brasileiros nas decisões políticas do país ainda é baixa por dois motivos. Ela afirma que o primeiro é pela carência de orientação sobre como registrar, votar e incentivar outras pessoas a votarem. O segundo é pelo fato da comunidade brasileira tem uma tradição de não se envolver muito em questões políticas.

Ela faz parte do Brazilian American Democratic, que foi criado na Flórida, tem a finalidade de reunir os brasileiros que são adeptos ao Partido Democrata. "O clube está parado, pois estamos reformulando a diretoria", fala ressaltando que enquanto isso ela optou por visitar alguns estados em busca de novos parceiros.

Além de estar realizando um trabalho para promover um aumento no número de registros dos brasileiros que votam, Isabel salienta que aqueles que não são legais no país também podem participar. "Quem não vota, pode pedir aos seus amigos ou patrões para votarem nos democratas, pois é o partido que mais se assemelha aos imigrantes", afirma.

A delegada estará em Massachusetts até a próxima sexta-feira (17), e espera poder se reunir com empresários, ativistas e membros da comunidade. "Precisamos reunir o maior número de brasileiros votantes e mostrar a força da nossa comunidade e importância dos nossos votos", acrescenta.

Os brasileiros interessados em se registrarem para votar, devem ser maior de 18 anos de idade e serem cidadãos dos Estados Unidos. "Quem não souber como fazer, deve procurar um formulário em alguma biblioteca ou órgão público que disponibiliza o documento", fala. Para mais informações é só ligar para Isabel através do telefone (561) 305-9850.

Fonte: Brazilian Times