Publicado em 17/08/2012 as 12:00am

Brasileiro celebra medida de Obama e lembra de pai deportado

Foi aberto oficialmente o processo para que jovens possam aplicar para o Visto de Trabalho e permanecer legal nos Estados Unidos por dois anos, desde que se encaixem em algumas exigências. Isso faz parte de uma Ordem Executiva assinada pelo presidente Bar

da redação

Foi aberto oficialmente o processo para que jovens possam aplicar para o Visto de Trabalho e permanecer legal nos Estados Unidos por dois anos, desde que se encaixem em algumas exigências. Isso faz parte de uma Ordem Executiva assinada pelo presidente Barack Obama, a qual permitirá que mais de um milhão de indocumentados possam viver legalmente no país por um certo período, com chances de renovação.

A medida, segundo o brasileiro Lucas da Silva, não é apenas um passo importante, mas mostrará para todos como é viver como um cidadão norte-americano. "Agora, nós estamos derrubando o muro existente entre nós e a verdade, pois muitas vezes temos que nos mascarar e esconder nosso status", fala.

Ele afirma que a medida mudou tudo em sua vida, seus objetivos e até mesmo o lado social, pois agora poderá sair com os amigos sem temer a Imigração. "Eu me sentia como uma fraude neste país, porque somos obrigados a dizer aos nossos colegas que não podemos dirigir por vários motivos, e escondemos a verdade", fala.

O pai de Lucas foi deportado para o Brasil porque foi entregue à imigração depois de ser preso dirigindo sem carteira de motorista válida no país. "Mas esta medida acabará com este meu medo e poderia viver sem me preocupar em ser preso e deportado", acrescenta.

Da Silva está entre os milhares de brasileiros que aplicarão para o Visto de Trabalho nos próximos meses.

Fonte: Brazilian Times