Publicado em 5/09/2012 as 12:00am

Brasileiros falam o Sonho Americano

Os anos se passaram e muitos acabaram mudando de ideia em relação aos objetivos que os conduziram até os EUA

Os anos se passaram e muitos acabaram mudando de ideia em relação aos objetivos que os conduziram até os EUA

Luciano Sodré

A maioria dos brasileiros quando chegou aos Estados Unidos, tinha um sonho, pois o país era a terra das oportunidades. Alguns chegaram apenas com o objetivo de comprar um carro, uma casa ou até mesmo terminar uma construção pendente no Brasil. Existem casos de quem se mudou para a "Terra do Tio Sam" apenas para estudar inglês ou conhecer uma nova cultura. Mas em todos os casos, o desfecho é praticamente o mesmo - muitos mudaram seus planos e acabaram trilhando por outros caminhos.

O jornal Brazilian Times conversou com alguns destes brasileiros e procurou saber onde está o sonho americano e o que mudou na vida de cada um.

Ivanete Simoncello, 28 anos de idade, reside nos Estados Unidos há 9 anos, na cidade de Framingham (MA): "Meu sonho americano foi basicamente aprender o idioma do país, viver aqui por cinco anos e retornar ao Brasil. Também estava em meus planos adquirir experiências diversas, guardar um pouco de dinheiro e terminar minha faculdade no Brasil. Mas como todos os planos de Deus, são os que seguimos, acabou tudo se tornando muito diferente. Participei de concursos de beleza, no decorrer dos anos conheci DJ EvanHalls, nos apaixonamos e nos casamos e construímos nossa própria família e nos tornamos residentes. Hoje faz 9 anos que moro em Framingham, Massachusetts, passei por experiências que me fizeram crescer espiritualmente e me tornaram mais madura. Hoje, eu e meu marido, somos proprietários de um estúdio de gravação, a Inthemix Prod. Além disso, continuei investindo em meus estudos. Uma meta - nunca deixe de investir em seu conhecimento, pois isso é algo que ninguém pode tirar de você. Errar todos irão, mas não serão todos que aprenderão com os erros. Mudar o mundo, jamais conseguiremos. mas comece mudando por você, pois você tem oportunidade de reescrever a história de tua vida, mesmo que não mude o teu passado. O novo recomeço é para todos! Pense nisso e acredite em seu sonho americano.

Paulo Seller, 41 anos de idade, reside nos Estados Unidos há oito anos, é paulistano e apresentador de TV, mora em Dowtow Boston, Massachusetts: "Meu sonho americano sempre foi fazer o que fazia no Brasil, ou seja atuar na área da televisão. Os sonhos mudaram sim, mas continua no mesmo segmento, pois quero fazer televisão aqui, mas para exibir lá no Brasil. Meu sonho está próximo de ser realizado e se tudo der certo, ainda antes do final do ano, por uma emissora de TV muito grande e poderosa, a qual não estou autorizado, ainda, a divulgar o nome. Mas todos os brasileiros devem seguir seus sonhos, mesmo que no caminho eles mudem, jamais deixarão de serem sonhos e sonhos podem se tornar realidade.

José Flavio Sousa, 38 anos de idade, reside nos Estados Unidos há 13 anos, mora em Revere, Massachusetts, natural de Anápolis (TO) e trabalha com colocação de insulfilme e na área de construção civil: "Meus sonhos ainda não se concretizaram e não mudaram. Lentamente estou conseguindo realizá-los e entre meus planos estão comprar uma casinha, carro e uma chácara, além de ter uma poupança de R$ 80 mil. Também quero adquirir uma fazenda e ter uma renda mensal de R$ 5 mil. Somente assim meu sonho americano será realizado".

Adilson Ferreira, 45 anos de idade, reside nos Estados Unidos há 13 anos, na cidade de Framingham, Massachusetts, é pastor evangélico e natural de Londrina (Paraná): "Na verdade, o meu sonho, quando cheguei a este país, era apenas comprar uma BMW, mas os planos de Deus ou seja, os sonhos de Deus eram outros e estou feliz por isso. Agora tenho vivido o sonho de Deus em minha vida e hoje, dependo dos planos dele para que eu possa viver minha história. Pois a Bíblia diz que o homem faz os planos, mas o que prevalece é a vontade de Deus".

Edson da Silva, 46 anos de idade, reside nos Estados Unidos há 9 anos, na cidade de Framingham, Massachusetts, natural de Governador Valadares (Minas Gerais), é músico e trabalha como mecânico: "Apesar de estar vivendo nos Estados Unidos há nove anos, ainda falta muito para concluir o meu sonho americano. Pretendo terminar duas casas que estou construindo no Brasil e somente depois disso retornarei. Não pretendo morar neste país para sempre, pois minha família ficou no Brasil. Minha esposa, filhos e irmãos estão lá, me esperando. Acredito que mesmo os planos mudando, jamais uma pessoa deve desistir dos sonhos antigos, pois a realização de cada um deles é um momento único e especial".

Adson Fernandes, 51 anos de idade, reside na cidade de Watertown, em Massachusetts, natural de Vila Velha (Espírito Santo), trabalha como Jornalista, pintor, carpinteiro, pedreiro, faz manutenção de casas e passeios com cachorros, ou como os americanos chamam "Jack off all trades": Meu sonho era viver um pouco de uma cultura diferente da nossa, e nesse aspecto eu já me realizei. Mas dentro de todo sonho, existem pequenos sonhos e é isso que move a nossa vida. O que eu considero o mais árduo é o aprendizado do idioma e nesse caso, ainda estou distante de realizá-lo, todavia tenho obtido algum sucesso. Meu sonho é ainda fazer um curso do idioma na Harvard University. Atualmente, eu estudo em uma escola pública de Allston, temos mais dois anos pela frente, só depois disso estaremos aptos a frequentar aulas na Harvard. A frase com o final no plural é porque minha esposa estuda na mesma sala".

Fonte: Brazilian Times