Publicado em 21/09/2012 as 12:00am

Brasileiros realizam Festival da Pamonha em Lancaster (MA)

Durante o evento, aconteceram palestras sobre imigração, uma feira de saúde e um "yard sale".

Durante o evento, aconteceram palestras sobre imigração, uma feira de saúde e um "yard sale".

Luciano Sodré

Na manhã de domingo (16), a comunidade brasileira na região de Lancaster (Massachusetts) participou de uma grande festa promovida pela Adventist Community Services (ACS). Durante o evento, chamado de "Festival da Pamonha", aconteceram palestras sobre imigração, uma feira de saúde e um "yard sale".

Segundo a Social Worker, Sandra Mendes, membro da entidade, o objetivo da festa foi para angariar fundos e, "desta forma", poder comprar uma Van para ajudar nos trabalhos sociais que eles realizam. Ela explica que existe uma dificuldade para conseguir recolher alimentos doados por grandes mercados e depois entregá-los para famílias carentes. "Atualmente eu faço o trabalho de recolhimento com o meu carro", continua.

A ACS, pertence à Igreja Adventista do 7º Dia, existe há 130 anos, e trabalha em parceria com a Red Cross e Salvation Arm e a agência local de Lancaster atende 180 famílias, semanalmente, com doações de alimentos básicos, tais como pães, bolos, leite, frutas e legumes. "O nosso trabalho é voluntário e contamos, há quase um ano com o Food Pantry", disse,

A Social Worker explica que a maior dificuldade é o transporte para coletar, diariamente, os alimentos em redes de supermercados. Por isso o grupo decidiu realizar o "Festival da Pamonha" e levantar o dinheiro necessário para a compra do veículo. "Muitas vezes temos que deixar mercadorias por não ter espaço em nosso carro para transportá-las", acrescenta.

O evento de domingo contou com mais de 300 pessoas e todas as pamonhas foram vendidas. "Mas ainda não conseguimos todo o valor necessário para a aquisição, e até o início de outubro estaremos vendendo pamonhas", explica salientando que as pessoas podem continuar ajudando. "Nosso objetivo é continuar servindo a comunidade com o Food Pantry que temos no local e sabemos que, mesmo neste país onde flui o dinheiro, muitos necessitam de assistência primária, como saúde, alimentação e educação", explica.

As palestras foram ministradas por membros da Central do Trabalhador Imigrante Brasileiro nos Estados Unidos (CTIB) e profissionais da área. Na Feira da Saúde, as pessoas puderam checar a pressão, fazer exames de sangue e receber orientações sobre diabetes. "Todos, tanto nas palestras de imigração quanto na saúde, nos ajudaram de forma voluntária", fala.

Além das pamonhas, foram servidos cural de milho, bolos de milho verde e um grande yard sale com diversos produtos foi montando nas dependências do local.

As pessoas que estão passando por alguma dificuldade ou precisando de algum tipo de ajuda, basta procurar os membros da ACS para saber qual a melhor maneira que a entidade poderá ajudar. "Estamos prontos para atender as pessoas", fala Sandra. O telefone de contato é (508) 304 4324. "Não exigimos nenhum tipo de documentação", conclui.

Fonte: Brazilian Times

Top News